Marco Pigossi diz que não aceitava ser gay: 'Pedia pra Deus me consertar'

"Fiz esse personagem hétero para me esconder, o que deixou minha vida mais confortável", declarou Marco Pigossi
| 11/07/2022
- 11:20
marco pigossi
Marco Pigossi e o marido na praia - (Fotos: Arquivo Pessoal/Reprodução do Instagram)

O ator Marco Pigossi, que assumiu ser homossexual em novembro de 2021, falou pela primeira vez sobre a dificuldade de aceitar sua orientação sexual. Aos 33 anos, Marco vive um relacionamento com o cineasta Marco Calvani.

Em entrevista ao Jornal O Globo, o ex-galã de da Globo contou: "Eu rezava, pedia a Deus para me consertar. A homofobia é tão enraizada que, por mais que a gente assuma, ainda vai lidar com o preconceito interno. Vesti a máscara heterossexual, sempre fui observado pela beleza", disse ele.

O artista disse ainda que vestiu uma espécie de máscara para não parecer gay. "Fiz esse personagem hétero para me esconder, o que deixou minha vida mais confortável. E sou branco, privilegiado, classe média, de médicos. Imagina quem está na favela, é negro…", completou.

"A pessoa que se aceita e está feliz com o que é conhece uma força enorme. Se sente com poder para ocupar espaços. E o encontro com a comunidade é uma corrente bonita, a gente se sente fortalecido, cria um senso comunitário", reflete o ator.

"Porque, no fundo, o que a gente mais quer é pertencer. Como homossexual, sentia que não pertencia a nenhum grupo. Todos esses corpos passam por isso. E quando passam a pertencer… É do caral**!", continuou ele.

Marco finaliza falando sobre as consequências da aceitação. "Me desenvolvi tentando manter um corpo masculinizado. E acho que isso veio do trauma de não poder me assumir, foi uma maneira de me proteger. Mas, hoje, aquela sombra de ‘não desliza’ desapareceu", destacou.

Veja também

Casal de ex-BBBs assumiu o relacionamento em março deste ano

Últimas notícias