Juíza nega pedido de Amber Heard para anular veredito de caso com Depp

A atriz não ficou satisfeita com o resultado do caso contra o ex-marido e voltou ao tribunal
| 14/07/2022
- 17:00
depp e amber (1)
(Foto: Reprodução)

Amber Heard perdeu o processo de difamação contra o seu , Johnny Depp. Após não concordar com o resultado da ação, anunciado no final de maio, a atriz entrou com um pedido para anular o resultado do caso. Porém, a juíza Penney Azcarate negou o requerimento da artista nesta quarta-feira (13).

“O jurado 15 foi examinado pelo Tribunal nos autos e atendeu aos requisitos legais para o serviço. As partes também questionaram o júri por um dia inteiro e informaram o Tribunal que o painel de jurados era aceitável. Portanto, o devido processo foi garantido e providenciado para todas as partes envolvidas neste litígio. […] Não há evidência de fraude ou transgressão”, explicou Azcarate.

Os advogados de Amber Heard elaboraram uma moção alegando que o julgamento não se apoiou nas provas recebidas do processo e ainda colocaram em dúvida a presença de um dos jurados, alegando que o assumiu o lugar de seu pai, que tem o mesmo nome e mora no mesmo endereço.

Entretanto, Azcarate afirmou que a equipe de Heard deveria ter questionado os membros do júri na época do julgamento e que não há qualquer evidência de que o jurado, identificado com o número 15, estaria no local para prejudicar a atriz. Como a decisão é final, não haverá outro julgamento no Tribunal de Fairfax.

Veja também

John Easterling homenageou a esposa por meio de seu Instagram. Ela morreu na segunda-feira (8/8), vítima de um câncer de mama

Últimas notícias