Homem processa Luisa Mell por roubo de ingresso do Lollapalooza

A ativista teria se apropriado de correspondência do antigo morador do apartamento e estaria se negando a pagar pelo ingresso
| 24/07/2022
- 12:17
Homem processa Luisa Mell por roubo de ingresso do Lollapalooza
(Foto: Reprodução) - Luisa Mell se pronuncia sobre conversa de zoofilia no BBB20

Luisa Mell foi processada por roubar um ingresso do festival Lollapalooza do antigo morador do apartamento onde mora. De acordo com uma reportagem do IG, a ativista ficou com a correspondência que continha a entrada, deu uma explicação controversa sobre o sumiço do envelope e tentou colocar a culpa no porteiro do prédio.

Quem resolveu processar a ativista foi o engenheiro Pedro Padranos Zarzosa, que se mudou do apartamento em outubro de 2020. Na época, ele aguardava a pulseira Lolla Cashless pela qual pagou R$ 1.165. No entanto, o evento foi adiado para 2022 por conta da pandemia, assim como o envio do ingresso.

Este ano, o festival notificou a chegada do envelope, mas Zarzosa foi informado de que nada tinha chegado no antigo prédio. Dois dias antes do evento, ele descobriu que o zelador tinha recebido e assinado a entrega da correspondência, que foi entregue a Luisa Mell por engano.

Conforme o site, ela teria evitado as tentativas de contato do engenheiro, e, quando atendeu, revelou que tinha aberto o envelope e jogado o conteúdo no lixo. Na época, ela ofereceu metade do valor do ingresso para resolver o problema.

Com a oferta negada, o da ativista propôs o pagamento integral mediante assinatura de um recibo que afirmava que o valor já estava na conta de Pedro, o que era mentira. Após três meses de confusão, o engenheiro entrou com uma ação na contra Luisa Mell por apropriação indébita, violação de correspondência e por se recusar a devolver o valor do ingresso.

Veja também

Atriz usou o termo "ovelha negra" e acabou recebendo uma patada do apresentador

Últimas notícias