Britney Spears abre ação para investigar o pai no caso de grampo no telefone

O advogado da cantora, Matthew Rosengart, protocolou documentação para apurar as supostas informações
| 20/01/2022
- 21:00
Britney Spears abre ação para investigar o pai no caso de grampo no telefone
Foto: Reprodução

 decidiu retomar o caso de sua tutela e abriu nova investigação contra o pai, . Segundo o Page Six, o advogado da estrela, Matthew Rosengart, protocolou na manhã desta sexta-feira (20) uma nova ação para apurar se ela estava sendo espionada na época em que o genitor era responsável por seus bens e suas decisões.

Na última quarta-feira (18), em audiência no tribunal de Los Angeles, Rosengart, acusou o advogado de Jamie Spears de evitar alegações de que Jamie ordenou que a equipe de segurança de Britney, Black Box, acessasse ilegalmente as contas de celular e iCloud da cantora, e colocou um dispositivo para espioná-la em seu quarto. Na ocasião, ele apresentou declaração de Sherine Ebadi, que trabalhou no FBI, afirmando que ela "corrobora" as denúncias de que a empresa foi instruída por Jamie a "colocar um aparelho secreto de gravação no quarto da Sra. Spears".

De acordo com o The New York Times, o aparelho foi colado com fita na parede atrás de móveis e o funcionário responsável pela instalação teria colocado uma bateria extra para que as gravações pudessem ser feitas "por um longo período de tempo". Durante o período, foram gravadas conversas entre Britney e seu advogado Sam Igham, que seriam o "principal interesse" de Jamie entre as gravações.

Alex Weingarten, advogado de Jamie, rebateu Rosengart na ocasião afirmando que as alegações de e grampo no telefone da cantora, “não aconteceram”. Mesmo assim, Rosengart seguiu com a abertura da ação nesta sexta-feira.

O novo julgamento da família Spears está marcado para julho, e poderá levar vários dias, disse a juíza Brenda Penny.

Veja também

Isabela Tibcherani se pronunciou nas redes sociais após a prisão de Paulo Cupertino, nesta segunda-feira (16)

Últimas notícias