MidiaMAIS / Famosos

Luana Piovani relata diversos embates com filho de 9 anos: 'sou a mãe mais odiada do mundo'

Menino chama a mãe de bruxa, não quer fazer atividades escolares e só pensa em ser skatista profissional

João Ramos Publicado em 25/06/2021, às 08h59

Dom está entrando na pré-adolescência e deixando a mãe com dor de cabeça
Dom está entrando na pré-adolescência e deixando a mãe com dor de cabeça - (Reprodução)

Luana Piovani começou esta sexta-feira (25) desabafando sobre as recentes brigas que teve com Dom, seu primogênito de 9 anos, filho também do surfista Pedro Scooby.

Ela descobriu que Dom está com dificuldades na escola e tentou conversar para conciliar os estudos com suas atividades de skatista, mas os dois acabaram protagonizando uma discussão novamente. Segundo a atriz, o filho anda indisciplinado, não gosta de estudar e quer se dedicar apenas ao skate, pois tem o sonho de se tornar um skatista profissional.

"Sem brigar, sem nada, numa boa, quase que pedindo ajuda. 'Mamãe quer que você seja o melhor e maior skatista do mundo, mas você tem que fazer conta para cuidar do dinheiro, tem que aprender a falar direito, tem que ter vocabulário. Está estudando algo super importante que é a conjugação dos verbos para não falar errado!'. E olha ele", disse ela imitando a careta de "sem paciência" que o menino teria feito.

Irritada com a reação, a atriz castigou o o filho não deixou que ele visitasse a casa da madrasta Cintia Dicker, o que causou ainda mais problemas: "Não preciso nem dizer que depois de quinze dias cheguei em casa e tive a maior crise de choro do Dom da vida. Ele está achando que tem 20 anos, gente. E que eu e a tia Cintia somos meio que secretárias dele. Da carreira dele. Me disse: 'Mãe, amanhã tenho isso, isso e aquilo para fazer', e eu falei: 'Você tem que ir para a escola, precisa dormir e estar concentrado'.".

Por fim, a loira ressaltou que a maternidade não é só um mar de rosas. "Estou pedindo sabedoria para Deus para passar por esse momento de bruxa má, porque agora sou a mãe mais odiada do planeta. Não é fácil ver o filho chorar, te chamar de bruxa e você sabendo que está fazendo pelo bem", finalizou.

Jornal Midiamax