MidiaMAIS / Famosos

Após sangramento e laqueadura, Simone tira o útero e comemora: 'resolvido'

Ela não estava conseguindo ter relações com o marido por causa do sangramento que não parava

João Ramos Publicado em 04/06/2021, às 08h58

Doença uterina estava causando problemas para a artista
Doença uterina estava causando problemas para a artista - (Reprodução)

Simone, cantora da dupla com Simaria, realizou uma histerectomia no último sábado (29). Trata-se de uma cirurgia para retirada do útero. Ela havia sido foi diagnosticada com adenomiose dois meses após o nascimento de sua filha Zaya.

A adenomiose, também chamada de adenomiose uterina, é uma doença onde ocorre um espessamento dentro das paredes do próprio útero provocando sintomas como dor, sangramento ou cólicas fortes, especialmente durante a menstruação.

Ela tranquilizou os fãs em um vídeo em seu canal no YouTube e nos stories do Instagram, afirmando que o procedimento foi bem-sucedido e que está sem dores. "Estou me sentindo super bem, não estou sentindo dor, não estou sentindo nada. Estou me sentindo muito feliz de ter resolvido isso logo de uma vez, até porque eu sou jovem, tenho meus dois filhos", disse a morena.

Simone aparece em vídeo contando tudo ao lado de médica (Reprodução, YouTube)

"Eu já havia feito a laqueadura, nos Estados Unidos quando eu tive a Zaya eu fiz a laqueadura, e, por esse motivo, de estar sangrando há um tempo, eu achei que seria melhor já partir para esse próximo passo que seria, então, a retirada do útero", esclareceu.

Antes de partir para a cirurgia, a cantora revelou que tentou de todas as formas reverter o problema no útero com remédios. Ela não estava conseguindo ter relações com o marido porque não parava de sangrar.

"Fora eu ser jovem, eu também queria namorar porque o sangramento impede, é muito chato. Vou ter vida normal, ô glória", comemorou rindo.

Jornal Midiamax