Maraisa diz que teve coronavírus e doa plasma pela primeira vez

A cantora Maraisa, da dupla com Maiara, contou na tarde desta quinta-feira (1) que teve Covid-19 durante a pandemia de coronavírus e, solidária na luta contra a doença, foi ao Instituto Goiano de Oncologia e Hematologia, em Goiás, doar plasma. De boné e camiseta, a sertaneja fez uma série de vídeos no Instagram durante a […]
| 02/10/2020
- 16:54
Maraisa diz que teve coronavírus e doa plasma pela primeira vez
Maraisa diz que teve coronavírus e doa plasma pela primeira vez

A cantora Maraisa, da dupla com Maiara, contou na tarde desta quinta-feira (1) que teve Covid-19 durante a pandemia de e, solidária na luta contra a doença, foi ao Instituto Goiano de Oncologia e Hematologia, em Goiás, doar plasma. De boné e camiseta, a sertaneja fez uma série de vídeos no Instagram durante a doação.

“Estou aqui no Ingoh, eu tive a Covid-19, graças a Deus não tive nenhum sintoma. E estou aqui doando plasma para ajudar outras vidas, (ajudar) as pessos a saírem da Covid de uma forma mais rápida. O plasma tem ajudado outras pessoas”, contou. “Eu nunca doei sangue e estou aqui na minha primeir vez doando plasma, gente! Olha o plasma surgindo que legal”, disse a cantora.

Maraisa ainda brincou ao ver o material sendo transferido para um recipiente. “Vou ganhar até uma cobertinha, estou me comportando muito bem. Olha meu plasma, gente”, observou, ao ver a bolsa da doação cheia. A sertaneja ainda postou uma foto na rede social, no momento da doação e fez um pedido aos fãs. “Doe plasma”, ensinou.

Importância da doação de plasma

Pessoas que se curaram da Covid-19 desenvolvem anticorpos em seu plasma, que é a parte líquida do sangue, e que podem ser úteis para ajudar a recuperação de pessoas com formas graves da doença. A expectativa é que esses pacientes doentes tenham uma recuperação mais rápida, com menor tempo de internação e de UTI e um menor risco de morte.

O sertanejo campo-grandense Mariano, da dupla com Munhoz, também decidiu ajudar após se curar do coronavírus. O cantor foi ao de Campo Grande em junho para doar plasma para um estudo inédito que avalia o impacto da transfusão em pacientes com quadro clínico grave da doença. O sertanejo, que está confinado na Fazenda 12, estava de quarenta com a família em MS, e registrou o momento nos stories do Instagram.

Veja também

Propriedade tem 6 quartos, 10 banheiros, piscina, cinema, academia e garagem para dois carros

Últimas notícias