MidiaMAIS / Famosos

Curado do coronavírus, Edir Macedo diz que usou hidroxicloroquina

O bispo Edir Macedo, de 75 anos, fundador da Igreja Universal e dono da rede Record, recebeu alta na manhã desta sexta-feira, após o diagnóstico positivo para o novo coronavírus. Macedo estava internado no hospital Moriah, em São Paulo, desde a última segunda-feira (08). Segundo o portal de notícias da Igreja Universal, o líder religioso […]

Renata Fontoura Publicado em 12/06/2020, às 16h50 - Atualizado às 17h27

Reprodução
Reprodução - Reprodução

O bispo Edir Macedo, de 75 anos, fundador da Igreja Universal e dono da rede Record, recebeu alta na manhã desta sexta-feira, após o diagnóstico positivo para o novo coronavírus. Macedo estava internado no hospital Moriah, em São Paulo, desde a última segunda-feira (08).

Segundo o portal de notícias da Igreja Universal, o líder religioso foi tratado com um coquetel de medicamentos que incluía a cloroquina — como defende o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o novo protocolo do Ministério da Saúde — e está completamente recuperado da doença.

“Tomei todos os medicamentos indicados pelos médicos, entre eles a hidroxicloroquina, e estou bem”, afirmou em entrevista. De acordo com a equipe médica do hospital, o paciente respondeu muito bem ao tratamento e apresentou “uma ótima evolução clínica e se recuperou totalmente”.

Jornal Midiamax