Expulso do BBB, Marcos tenta suspender na Justiça inquérito sobre agressão

Médico é investigado por violência doméstica contra Emilly
| 19/04/2017
- 19:58
Expulso do BBB, Marcos tenta suspender na Justiça inquérito sobre agressão

Médico é investigado por violência doméstica contra Emilly

O cirurgião plástico Marcos harter, expulso do BBB 17 por suspeita de agressão à sua namorada durante o confinamento, a estudante Emilly Araújo, entrou com pedido de habeas corpus para suspender as investigações da Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, de acordo com jornal o Globo.

O médico é investigado pela Dean após denúncias de que ele teria agredido Emilly durante as constantes brigas do casal. Ele prestou depoimento no último dia 12, taõ logo foi expulso do reality show, do qual Emilly saiu campeã.

Para tentar suspender as investigações, segundo O Globo, Harter alega que a delegada Viviane da Costa não tem atribuição para presidir o inquérito em andamento. Além disso, ele aponta que Emilly não chegou a acusá-lo formalmente de agressão.

Harter tem uma possibilidade de vitória, muito embora a matéria seja nebulosa: o juiz Marco Couto, da 1ª Vara Cível de Jacarepaguá, determinou que a delegada responsável pela investigação preste esclarecimentos sobre o caso em 72 horas. Só a partir disso o magistrado se manifestará ou não pela concessão de liminar que suspenda o inquérito.

Veja também

Fátima Bernardes se despede de 'Encontro' para comandar o The Voice Kids

Últimas notícias