Fofura! Festa junina com direito a quadrilha anima ‘doguinhos’ durante isolamento

A festa junina para humanos foi suspensa devido à pandemia e a necessidade de evitar aglomerações, mas nem todos sofreram com esse fim
| 18/06/2020
- 14:49
Fofura! Festa junina com direito a quadrilha anima ‘doguinhos’ durante isolamento
Fofura! Festa junina com direito a quadrilha anima ‘doguinhos’ durante isolamento

As festas juninas foram suspensas devido à pandemia do novo coronavírus e a necessidade de evitar aglomerações. Mas nem todos sofreram com esse fim. A adestradora Ana Clara Rosa Balbe, da Casa de Brincar Personal Pets, fez uma festa junina para animar os cãeszinhos nesta quinta-feira (18) e muitos se preparam e foram vestidos à caráter.

A festa contou com 33 ‘alunos’ participantes caracterizados de caipirinhas além de decoração especial, comidinhas que os cães podem comer, e até uma ‘barraca do lambeijo’.

A ideia surgiu depois que a adestradora percebeu que o movimento no hotel para cães, que passam à noite, havia diminuído já que os donos não estão viajando por conta do isolamento. Ao mesmo tempo, o serviço da creche aumentou drasticamente por ser uma maneira dos cães saírem do confinamento e os tutores poderem trabalhar.

“Por conta do coronavírus, que derrubou meu movimento e hotel, resolvi investir na creche fazendo comemorações em datas especiais. A festa junina junina foi ideia de uma cliente, alegando que já que os humanos não poderiam festar esse ano, pelo menos os cães iam poder se divertir”, conta Ana.

Preparação especial

Fofura! Festa junina com direito a quadrilha anima ‘doguinhos’ durante isolamento
A médica Anne Caroline combinando com as ‘filhas’ Malu, Buba e Jasmine (Reprodução, Arquivo Pessoal)

Alguns cãezinhos fizeram roupas especiais para a festa junina, como é o caso das três companheiras da médica pediatra Anne Caroline Belisário Scarpin. Malu (blue heeler), Buba e Jasmine (pinscher) vão 2 vezes por semana à creche e usaram a mesma roupinha feita pela ‘vovó’.

“Está sendo ótimo, gastam energia, se divertem, fazem muitos ‘aumigos’, e a melhor coisa é que posso trabalhar tranquila sabendo que estão muito bem cuidadas”, conta a médica ao Jornal Midiamax.

Já a bancária Raissa Ludmilla Dias Esperança é tutora de um quarteto que fez presença na quadrilha e destaca que a socialização ajuda na personalidade de cada um de seus animaizinhos. Thanos, Formiga, Lola e Ágatha são irmãos que foram até no salão para se prepararem.

Fofura! Festa junina com direito a quadrilha anima ‘doguinhos’ durante isolamento
A bancária Raissa Dias Esperança e os quatro ‘doguinhos’ que foram juntos À festa (Reprodução, Arquivo Pessoal)

“São os amores da minha vida…meus filhos. A Ágatha é uma lady educada e quietinha. Lola é um terror, nao para! Mas ao mesmo tempo carente. Formiga foi resgatado, então acho que sofreu muito nas ruas, é bem medroso antes de confiar. Thanos também achamos abandonado na rua e adora brincar. Eles são como nós, tem personalidade” ressalta a bancária.

Socialização necessária

Para a adestradora Ana Clara Balbe, a socialização dos animais é extremamente necessária para que a saúde mental dos cães continue em dia mesmo durante o , período que é mais propício que os animais fiquem trancados em casa.

“Eles entram em conflito com a rotina que tinham antes e ficam mais ansiosos, não entendem bem o que está acontecendo no mundo. Temos recebido relatos de cães com alteração de comportamento, por não estarem acostumados com a família o tempo todo em casa. Gastar energia e socializar com outros cães é muito importante”, relembra a adestradora.

Veja também

Maior evento de observação de pássaros do mundo catalogou centenas de espécies em MS em 24 horas

Últimas notícias