A atriz campo-grandense Aracy Balabanian, de 83 anos, faleceu na manhã desta segunda-feira (7), no Rio de Janeiro, onde morou e atuou por muitos anos. Dona de uma carreira brilhante, Aracy carregava em seu coração um carinho enorme pela cidade em que viveu com sua família até os 10 anos, quando se mudou para São Paulo.

Como homenagem, na capital de , a atriz leva seu nome em um dos principais teatros da cidade, espaço, inclusive, que ela não teve oportunidade de ver pronto e em pleno funcionamento, já que o teatro, que fica no Centro Cultural José Octávio Guizzo, está em reforma desde 2016.

Porém, o que muita gente não sabe é que essa homenagem já foi motivo de desgosto para atriz, que pediu para que retirassem o nome dela do . É o que afirma o ator, diretor e gestor público de cultura, Vitor Samudio.

Aracy nunca vinha muito para , apesar de ter família residindo na cidade, tanto que sua última vinda foi em 2019, para prestigiar o casamento de uma sobrinha neta.

Mas, como conta Vitor, em 2014, a atriz Natália Timberg, amiga de Aracy, foi convidada para apresentar um espetáculo no Teatro Aracy Balabanian. Ao ver como o espaço estava, comentou com a atriz a situação, o que gerou grande desapontamento.

“Não chegou a formalizar”, explica Vitor, sobre o desgosto expresso da atriz. “Anos atrás, certa vez ela até solicitou que retirasse o nome dela do teatro devido às condições em que o teatro se encontrava”, conta.

“Ela morre sem presenciar como ficará esse teatro reaberto. Agora a reabertura do teatro deve ficar como homenagem póstuma”, lamenta o diretor.

Reforma começou em 2016

No dia 05 de maio de 2016, a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul informava que o Teatro Aracy Balabanian ficaria fechado para uma reforma que duraria, no mínimo, seis meses.

No entanto, as obras não foram concluídas no tempo estimado. Após processo de demolição iniciado em julho de 2022, a previsão é que fosse entregue em abril de 2023, o que também não aconteceu. Isso porque, devido o volume de chuvas que atingiu Campo Grande naquele período, o projeto precisou ser novamente interrompido. A previsão é de que o espaço cultural seja entregue em setembro de 2023.

Segundo a assessoria da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, a reforma já está em mais de 60% da obra e a entrega está prevista para 2023.

Morte de Aracy Balabanian

A atriz Aracy Balabanian morreu nesta segunda-feira (7). Natural de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, ela foi diagnosticada com câncer no pulmão no fim do ano passado e estava internada na Clínica São Vicente, no Rio de Janeiro.

Aracy Balabanian não era vista em um projeto inédito desde 2019, quando fez uma participação especial de fim de ano da TV Globo, “A Magia Acontece”.

Campo-grandense, Aracy Balabanian tem origem Armênia. Seus pais vieram do país asiático em fuga do genocídio que ocorrera na região na década de 1930. Eles então fixaram residência na cidade, que antes pertencia ao Mato Grosso, e foi neste município que ela e seus irmãos nasceram.

Aos quinze anos, no entanto, mudou-se para com os sete irmãos. Por lá, seguiu carreira como atriz e fez grandes novelas, especialmente na TV Globo.

Teve destaque especial em “Rainha da Sucata”, como dona Armênia, e outras grandes tramas como “A Próxima Vítima”, “Da Cor do Pecado”, e “Passione”. A causa da morte ainda não foi divulgada.