João Guilherme Morales Machado é uma esperta, que ama brincar e conquista o coração de qualquer um que tenha a oportunidade de cruzar o seu caminho. Nesta quarta-feira (6), ele é o aniversariante do dia e comemorou a data da melhor (e inesquecível) forma: dando uma voltinha dentro da viatura do BOPE e Choque, ao lado dos profissionais que ele tanto admira.

João Guilherme ao lado do policial. (Reprodução, AAPC)

Com a temática ‘O Incrível Hulk’, o pequeno douradense recebeu seus 6 anos ao lado da sua mãe, Gilmara Morales Machado, de 22 anos, e vários profissionais da AAPC (Associação de Apoio a Pacientes com Câncer) de Campo Grande. É que, desde os 2 meses, o pequeno luta contra uma insuficiência renal crônica.

No começo do seu tratamento, João tomava diversos medicamentos e fazia a diálise peritoneal, uma opção de tratamento que conta com auxílio de um filtro natural como substituto da função renal do paciente. Apesar da intervenção médica precoce, há dois meses o pequeno passou a precisar fazer a hemodiálise e por isso, três vezes na semana ele vai ao HU (Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian), dar continuidade ao tratamento.

Na AAPC, a reportagem conversou com a coordenadora Diana Souza, que explicou como é a relação do João Guilherme com todo o quadro de funcionários do hospital e da Casa de Apoio. “Ele é muito fofo! As enfermeiras são apaixonadas por ele. Aqui ele é nosso xodó, o nosso mascotinho”, afirma ela, enquanto interage com o pequeno, que brinca e concorda com o título recebido pela equipe.

E como um bom fã de policiais, que está sempre brincando como um, ele foi surpreendido com a presença de equipes do Bope e Choque, para esse dia especial. Gilmara não se recorda de como a paixão do filho pela profissão começou, mas ficou feliz com a inusitada. “Achei muito legal! É uma coisa que ele nunca vai esquecer. Ele nunca teve uma festa assim!”, conta ela, emocionada.

E Diana concorda. Segundo a coordenadora, o pequeno “ama a polícia” e ficou muito feliz com oportunidade de andar nas viaturas. Ao ser questionado sobre a experiência, o brilhante aniversariante foi certeiro: “Eu andei muito rápido! Eu voei!”.

João Guilherme, a mãe e equipe policial. (Reprodução, AAPC)