VÍDEO: Fã dos bombeiros, menino aguarda militares para cantar parabéns e passeia com coleguinhas em viatura

Equipe atuava em acidente grave na BR-163, fazendo o desencarceramento de vítimas. Duas horas depois do previsto, eles chegaram e realizaram sonho do garoto
| 04/04/2022
- 08:37
VÍDEO: Fã dos bombeiros, menino aguarda militares para cantar parabéns e passeia com coleguinhas em viatura
Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Quando a do Lucas, de 8 anos, foi até o quartel pedindo a presença dos militares na festinha do filho, ficou tudo combinado: às 19 horas eles estariam lá, neste último sábado (2), em Nova Alvorada do Sul, região central do Estado. No entanto, quem é bombeiro sabe que ‘tudo pode acontecer’ nas 24h de plantão: de incêndio a acidente de trânsito. E foi justamente o que ocorreu, porém, mesmo exaustos atuando no desencarceramento de , eles compareceram e realizaram o sonho do garoto.

“A mãe dele foi lá durante a manhã e perguntou se a gente poderia ir no aniversário, às 19 horas, na hora do parabéns. Estava tudo certo, porém, tivemos uma ocorrência grave, envolvendo vítimas em cárcere em uma colisão de 3 carros, na BR-163. Duas horas depois do previsto, conseguimos chegar no aniversário e cantar o parabéns para o Lucas”, afirmou ao Jornal Midiamax o cabo Wesley Paulino Coelho, de 34 anos. 

De acordo com o cabo, a equipe estava bem cansada, já que este tipo de ocorrência exige muito esforço e concentração. “Chegamos lá às 21 horas. Deu tempo de ficar um pouco e levar o Lucas e os amiguinhos para dar uma volta na viatura. Ele já possui roupa, boné, um monte de coisa porque o irmão mais velho dele já é bombeiro mirim. E vi o momento em que a mãe dele falou para ele estudar e aí sim se tornaria bombeiro. É algo muito gratificante”, comentou. 

WhatsApp Image 2022 04 04 at 07.15.13 - VÍDEO: Fã dos bombeiros, menino aguarda militares para cantar parabéns e passeia com coleguinhas em viatura
Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

O sargento Hariel César Freire Fonseca, de 39 anos, também participou do aniversário. “Estava todo mundo realmente cansado, só que a gente saiu e foi direto para o aniversário. A mãe dele ligou, dizendo que o menino estava esperando mais de uma hora para cantar o parabéns. Ele passeou com os amiguinhos na viatura e a mãe ficou nos contando o quanto ele admira o Corpo de Bombeiros, tanto que pediu esse tema de aniversário. Depois, já saímos para outra ocorrência. Foi um dia tumultuado, mas valeu a pena”, finalizou.

Veja também

Últimas notícias