Reggae e Techno voltam à cena musical de Campo Grande em fevereiro

Retorno aguardado tem sido alvo de muita expectativa
| 09/02/2022
- 14:32
Ideia de Diego Manciba é consolidar agenda sólida de eventos
Ideia de Diego Manciba é consolidar agenda sólida de eventos, com estrutura de primeira - (Fotos: Divulgação)

Techno e o reggae, dois movimentos importantes para a cultura campo-grandense, já estão há algum tempo sem local fixo para reunir pessoas desde que os bares "Rockers", e "Pantanal Underground" fecharam as portas. Diante dessa problemática e pensando no resgate desses gêneros no cenário de Campo Grande, o DJ Andre Garde e Diego Manciba vão promover um mês inteirinho de encontros com o Green Rockers em fevereiro.

O projeto que estreia já nesta quinta-feira (10), às 20 horas, na Estância das Flores, localizada na Av. Cônsul Assaf Trad, nº 3484, Cel. Antonino. O evento ocorrerá semanalmente durante todo o mês de fevereiro, com o valor do ingresso na casa dos R$ 20, mas é possível adicionar o nome na lista encaminhando e-mail para o endereço listamigagreenrockers@gmail.com e, dessa forma, pagar R$ 10 entrando até as 22 horas.

Esse retorno aguardado tem sido alvo de muita expectativa. "O movimento clubber já foi muito forte em Campo Grande. Não por acaso tivemos o primeiro D-Edge do Brasil por aqui. De lá pra cá, tentamos algumas vezes montar um espaço em que o techno ganhasse vida, mas sempre tivemos problema com a burocratização da Lei do Silêncio. Aí veio o Rennan, da Rádio Paulista, e abriu as portas da Estância das Flores para nós", pontua André Garde, que espera que o evento abrace os jovens que estão "órfãos de bares" como a Brava, o Resista, o 21 Music e tantos outros que encerraram atividades antes e durante a pandemia.

A ideia de Diego Manciba é consolidar essa agenda sólida de eventos, com estrutura de primeira. "É para a galera saber onde ir quando falar em reggae. Vamos estar lá cantando, dançando e agradecendo por estar vivo. Honrando aqueles que foram durante essa pandemia. A nossa ideia é se divertir com consciência mesmo", afirma ele.

Histórias que jamais serão esquecidas

Ocupando praças, ruas e espaços públicos de diversos bairros da cidade, Rockers Sound System é o Primeiro sistema de som especializado em música Reggae no estado do Mato Grosso do Sul. O coletivo já trabalhou com vários artistas locais como Marina Peralta, André Stábile, Vinil Moraes, Xaras Gabriel e Magno Abreu. Também artistas nacionais e mundiais, Jimmy Luv (SP), Lei di Dai (SP), Michel Irie (SP), Guilherme Adonai (PR) Jeru Banto (RJ), YT (UK), Little John (JA), Wayne Jarrett (JA) e Marcia Griffiths(JÁ).

Já o PU (Pantanal Underground) surgiu em 2015 com a intenção de ser um estúdio compartilhado, escola de discotecagem e produção. O local passou também funcionar como pub aos fins de semana, recebendo grandes DJs, como o legendário Rogerio Animal (PR) o espanhol Greencross e o residente de um dos clubes mais undergrounds do mundo, Holgi Star (Tresor - Berlim). Mas devido à falta de documentação, teve duração de menos de um ano.

Essa junção das duas tribos ocorria às sextas-feiras no Rockers Bar e foi batizada de The Green Club. Daí o nome Green Rockers.

Veja também

A expectativa dos organizadores da 43° Festa Junina de Dourados é bater recorde de público e superar a marca de nove mil pessoas.

Últimas notícias