Que nostalgia! As aberturas de novelas, trabalhos memoráveis do Ator Breno Moroni

| 11/07/2022
- 14:45
Que nostalgia! As aberturas de novelas, trabalhos memoráveis do Ator Breno Moroni
Foto: Reprodução Rede Globo

Essa é para os apaixonados por televisão, principalmente a dos anos 80 e 90... Para quem não desgrudava os olhos da TV e esperava ansioso para ver as aberturas das . Elas eram incríveis, super produções, usavam os efeitos especiais e tecnologias de ponta para realização de verdadeiras obras de arte audiovisuais.

Em uma conversa informal com o grande Ator, Dramaturgo, Mímico e Artista em toda sua essência, Breno Moroni relembrou as aberturas que havia feito. Já sabia a de “O da Pátria”, onde ele fez sua vesrão de 'Sassá Mutema', caminhando pelos belos cenários criados artesanalmente para a abertura. Surpreso fiquei quando soube que ainda tinham outras, grandes clássicos que ficaram eternizados para sempre na história da dramaturgia nacional.

WhatsApp Image 2022 06 07 at 15.25.23 - Que nostalgia! As aberturas de novelas, trabalhos memoráveis do Ator Breno Moroni
Essa personagem está em uma das aberturas abaixo, identifica? (foto: acervo pessoal)

Criações do incrível Designer Hans Donner, o Artista já flutuou como bolhas de “Champagne”, duelou dentro de uma Biga em “Que Rei Sou Eu:”, sassaricou sob os lençóis de Sassaricando e muitas outras aventuras. Muito conhecido e lembrado pelo personagem Mascarado/Adonai, de “A Viagem”, nesta matéria vamos mergulhar no universo das aberturas com a participação de Moroni.

“Os trabalhos mais relevantes que fiz na televisão, foram realmente as aberturas com Hans Donner e sua grande equipe. Pude realmente utilizar meus talentos, meus aprendizados de acróbata, efeitos especiais de dublê, de ator, de composição do personagem, tinha tudo isso”.

BeFunky collage 7 - Que nostalgia! As aberturas de novelas, trabalhos memoráveis do Ator Breno Moroni
Enquanto Breno fluta, Hans Donner se diverte, à esquerda, e o ator na abertura finalizada (fotos: acervo pessoal e reprodução Rede Globo)

Com equipamentos de ponta e o departamento sem limitação financeira para realização das aberturas, Hans Donner pôde usar sua criatividade sem limites, tudo era atendido prontamente e os cachês, excelentes. Mas o trampo não era mole...

“A gente varava noite, madrugada, filmava em qualquer condição climática, eram coisas difíceis, mas muito prazerosas. A primeira abertura que fiz com eles foi ‘Champagne’, em 1983, cheguei pra fazer um teste, aí tinha um  monte de homão bonito, fortão, mas o que o Hans Donner queria era alguém com um pouco noção de mímica. Para o meu espanto fui escolhido para ser o galã. Aí nesse período virei o galã da Globo, foi muito engraçado”, conta ele.

A partir do momento em que Hans Donner conheceu o trabalho de Moroni, eles não pararam mais de trabalhar. “Fomos ficando amigos, o Hans foi conhecendo o meu trabalho e cada vez pedindo mais, mais e mais... sempre me escalava”, recorda.

Confira as aberturas


Quina pra lua, 1985


Sassaricando, 1987
Debaixo de um lençol, sassaricos acontecem sem medo. Os perfis formados pelo volume dos corpos dos atores e objetos revelam que ali debaixo os fracos não têm vez. Abertura clássica, muito lembrada até hoje, a música da Rita Lee na trilha, só coisa linda. 

TV Pirata, abertura e vinhetas, 1988

Ele fez o Pirata!


Aqui ele faz o âncora de jornal


Domingão do Faustão, 1988

Salvador da Pátria, 1988

Making Of:


Que Rei Sou Eu 1989


Sexo dos Anjos, 1989


Salsa e Merengue, 1996


“As lembranças que tenho desse tempo são muito boas, se eu tenho vontade de fazer de novo, sim! Sobre as aberturas de novelas atuais eu não posso falar porque eu não vejo televisão, aqui, buscando na memória não consigo lembrar de nenhuma, só vejo notícias. Atualmente eu já não faço mais abertura porque não estou no Rio de Janeiro. Mas faço outras coisas, eu dirijo vídeos, filmes, escrevo roteiros, então meu conhecimento me colocou num patamar paralelo ao de ator”, pontua esse verdadeiro mestre das artes dramáticas.

Veja também

Golden Boys levarão ao Jardim da Independência sucessos de carreira iniciada em 1958, local terá mais atrações

Últimas notícias