Juliano Cazarré terá o pênis arrancado por Murilo Benício no remake de Pantanal

Galã de O Clone, Murilo será um carrasco que vai cortar fora o órgão genital do personagem de Cazarré; saiba o motivo
| 10/02/2022
- 11:51
Murilo Benício como Tenório e Juliano Cazarré como Alcides na nova versão de Pantanal
Murilo Benício como Tenório e Juliano Cazarré como Alcides na nova versão de Pantanal - (Fotos: João Miguel Jr/TV Globo)

O ator Juliano Cazarré, de 41 anos, está no elenco do remake de "", gravado pela TV Globo em . Na trama, ele será o marcante peão Alcides, lembrado por ser a grande paixão de Zaqueu, o peão gay da trama, e por ter sido castrado pelo vilão da história.

"Bruto, mas só por fora", declara o ator sobre seu personagem, que é movido por um desejo de justiça. Alcides aparece na vida da família de Tenório (Murilo Benício) e acaba bagunçando tudo, ao mesmo tempo em que vai se descobrindo como pessoa.

O peão morre de amores por Guta (Julia Dalavia), a filha do patrão, Tenório. Ele vai para o Pantanal em busca de justiça, mas acaba atraindo a atenção de Maria Bruaca (Isabel Teixeira), esposa do patrão, muito humilhada e maltratada pelo fazendeiro. Na trama original, eles têm um caso, e Tenório corta o pênis de seu capataz ao descobrir a traição.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Remake Pantanal (@remakepantanal)

"Nem Alcides se conhece muito bem porque é um cara que tem uma obsessão na vida dele que a gente descobre mais pra frente, uma vingança que quer concretizar. Ele deixa sua vida pessoal em segundo plano, mas ao longo da trama vai descobrindo paixões e vai se permitindo viver", declarou Juliano Cazarré à revista Quem.

Na versão de 1990 da TV Manchete, o peão (interpretado pelo ator Ângelo Antônio) era bronco por fora, mas sensível por dentro. A sensibilidade e sua introspecção foram consequência da violenta cena de castração a qual foi submetido. Ainda na versão original, ele despertou a paixão de Zaqueu, peão gay vivido pelo ator João Alberto Pinheiro. Agora, o mesmo personagem caberá a Silvero Pereira e a paixão também se repetirá.

Cazarré, o novo traumatizado Alcides, esteve em Mato Grosso do Sul nos últimos meses de 2021. À revista Quem, ele deu detalhes sobre o que aprendeu aqui. "A vida que tivemos no Pantanal no fim do ano passado ajudou a construir esse cara, quem é esse povo que vive num ambiente que apesar de ser muito bonito, é muito duro, muito bruto", disse.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Update das Novelas (@deolhonasnovelas)

"Tem uma época que é muito seca, tem época que chove muito, faz muito calor, tem muito mosquito, a lida com cavalo, com boi, tudo isso vai construindo um pouco a carne do Alcides. E tem coisas que o próprio personagem vai te dando, a maneira como as falas estão escritas, o figurino, o tipo de bota que ele usa. Tudo isso vai dando um jeito de ser, de caminhar", avaliou.

Sotaque

Cazarré também detalhou um pouco do processo de construção de seu personagem. "O jeito que ele fala... Eu não estou focado em fazer exatamente a reprodução de um sotaque de uma região específica do Brasil, mas sim em fazer um sotaque de interior, imaginado, baseado em coisas que escuto, em expressões regionais, os sotaques, a prosódia do povo, que eu gosto muito de escutar", pontuou o ator à Quem.

"Pantanal" tem previsão de estreia para o final de março. O remake substituirá a atual novela das nove "Um Lugar ao Sol". Confira mais fotos da família de Tenório e de Alcides:

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Diario de Fã (@pantanal.casting)

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Remake Pantanal (@remakepantanal)

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Remake Pantanal (@remakepantanal)

Veja também

Últimas notícias