Invenção do remake: sucuri não tentou atacar Juma e Maria não virou onça; saiba como foi a cena original em Pantanal

Como assim? Versão original também não mostrou Maria Marruá arrancando o cordão umbilical de Juma com os dentes
| 06/04/2022
- 10:58
parto de juma pantanal
Maria Marruá (Juliana Paes) tentou abandonar Juma, mas ameaça de sucuri (Velho do Rio) a fez virar uma onça para proteger a filha - (Fotos: TV Globo/Reprodução)

Cordão umbilical arrancado com os dentes? indo pra cima de bebê e mãe virando onça para proteger a filha jogada no rio? Nada disso aconteceu durante o nascimento de Juma Marruá na versão original de "Pantanal", produzida pela TV Manchete em 1990.

A emblemática cena foi ao ar no remake nesta terça-feira (5) e fez a novela explodir em audiência. Apesar disso, comparada à primeira versão, muitos da obra estão preferindo o momento do folhetim de 30 anos atrás.

Na regravação da Globo, Maria Marruá (Juliana Paes) teve a menina em uma canoa e a abandonou em um barco. Traumatizada após perder vários filhos para a morte, ela não queria sofrimento parecido novamente. Entretanto, uma sucuri - o Velho do Rio - ia se aproximando da canoa, quando a mãe virou uma fera e se transformou em onça para impedir que a cobra comesse seu bebê.

Apesar de linda, poética e significativa, a cena aconteceu de uma maneira completamente diferente em 1990. Na Manchete, Maria Marruá, vivida por Cássia Kis, teve Juma dentro da canoa, como no remake, mas a trama original não mostra a mãe arrancando o cordão umbilical da pequena com os dentes.

juma nascimento - Invenção do remake: sucuri não tentou atacar Juma e Maria não virou onça; saiba como foi a cena original em Pantanal
Maria Marruá cortou cordão umbilical de Juma com a boca - (Fotos: TV Globo/Reprodução)

A recém-nascida também não é ameaçada por uma cobra: ao abandonar Juma no meio do rio, Maria se arrepende ao se afastar da filha, o o sentimento de mãe fala mais alto e, em desespero, ela corre para as águas ficar perto da criança que estava rejeitando - sem se transformar em onça.

Houve elogios para a adaptação da sequência feita pela TV Globo, que metaforizou o momento. Até a "ajudinha" que o Velho do Rio deu ao se transformar em cobra para alertar à mãe desesperada que ela precisava ficar com sua criança foi bem avaliada. O guardião do bioma é outro que não está presente na cena original. Compare as versões:

Nascimento de Juma em 1990

Nascimento de Juma em 2022

Veja também

Imagem sobre suposta mudança deixou alguns usuários intrigados. Segundo a rede social, os rumores sobre a novo recurso não são verdadeiros.

Últimas notícias