Globo não quis fazer Pantanal em 1990 porque 'atrizes não mijavam no mato'

Direção se arrependeu de ter recusado o projeto, depois que a Manchete topou fazê-lo e a trama se tornou um marco nacional
| 23/03/2022
- 12:37
Globo não quis fazer Pantanal em 1990 porque 'atrizes não mijavam no mato'
Maria e Juma Marruá em "Pantanal" da TV Manchete - (Fotos: Arquivo)

Aos 91 anos, o autor de "Pantanal", está acompanhando seu neto Bruno Luperi na adaptação do folhetim para a TV . Em 1990, quando a primeira versão foi ao ar exibida pela Rede Manchete, o escritor declarou que a Globo não quis fazer sua novela porque os atores da emissora não estavam preparados para gravar em Mato Grosso do Sul.

"Diziam que atriz da Globo não mija no mato. Mas para gravar no Pantanal, tem que mijar no mato, se for o caso", disse Ruy. "Na Manchete, o elenco deu um show, e não tivemos uma picada de cobra, nada, em nove meses de gravação", afirmou Benedito à reportagem na época.

Com a recusa da Globo em executar o projeto, a novela acabou sendo veiculada pela TV Manchete, que topou fazê-la, e é considerada um marco da teledramaturgia no Brasil. Boni, diretor da Globo em 1990, reconhece que foi um erro não aprovar o projeto quando Benedito o apresentou na emissora alegando que era inviável.

O resultado foi o sucesso do canal concorrente, que abalou as estruturas de "Rainha da Sucata", principal novela da vênus platinada aquele ano.

Boni afirmou que também vetou a proposta de gravar "Pantanal" porque a produção teria um custo alto, com um orçamento de proporções inviáveis. "As gravações demandariam uma semana de produção para cada capítulo em uma época em que a gente conseguia gravar três capítulos no mesmo tempo", disse.

O remake de “Pantanal”, que estreia dia 28 no horário nobre da Globo, às 21h30, é uma versão adaptada e atualizada por Bruno Luperi, neto do autor da obra original, Benedito Ruy Barbosa.

*Com informações da Folhapress

Veja também

Últimas notícias