Chegou à Praça dos Imigrantes a exposição “Arte Sensorial na Palma da sua Mão”, da artista plástica Sônia Aparecida Lins de Queiroz. As obras podem ser admiradas até o dia 31 de agosto.

Os quadros sensoriais são produções em tela ou outro suporte, feitas todas em alto relevo, visando atender especificamente pessoas com deficiência visual. “São poucos detalhes, mas com uma amplitude de significados para eles. Por conta disso, não podem ser muito abstratos; devem ser o mais concreto possível, oferecendo sentido por meio do toque”, esclarece Sônia.

Enquanto trabalhava no Núcleo de Produção da Secretaria Municipal de Educação (Semed), artista acompanhou diversas pessoas com deficiência (PcD) em exposições de arte com intuito de fazer uma audiodescrição das obras. A partir daí ela percebeu a necessidade de produzir quadros que pudessem ser sentidos com as mãos em vez dos ouvidos para atender esse público. 

“Costumo utilizar sucata na maioria das vezes e material reciclável. Geralmente compro apenas as telas, mas elas também podem ser substituídas por MDF ou outros itens; tenho até um quadro feito em uma antena parabólica”, conta a artista. No total, serão exibidos 16 quadros.

Serviço

A Praça dos Imigrantes fica na Rua Rui Barbosa, n.º 65, esquina com a Rua Joaquim Murtinho. A exposição estará aberta até o dia 31 de agosto, das 10h às 18h, com entrada gratuita. 


Fale com o MidiaMAIS!

Quer conversar com a gente sobre o universo do entretenimento e cultura? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar aberto ao bate-papo, troca de informação, sugestões, enquetes e muito mais. Você também pode acompanhar nossas atualizações no Instagram e Tiktok. Tem uma história legal para compartilhar com a gente? Fale direto com nossos jornalistas do Midiamais.