Com marra de ‘guarda de segurança’, cachorro protegeu carro roubado e ganhou um lar em Campo Grande

Abandonado na rua há muito tempo, o animal logo se adaptou à nova família
| 20/01/2022
- 23:15
Vitor levou o cachorro para casa e o batizou de 'Heineken'
Vitor levou o cachorro para casa e o batizou de 'Heineken' - (Foto: Arquivo Pessoal)

Uma história inusitada aconteceu neste fim de semana em Campo Grande. Isso porque o eletricista automotivo Vitor Mangino Diniz Vilela, de 18 anos, teve seu carro furtado na madrugada do último sábado (15). Depois de passar dias em busca do automóvel, ele encontrou uma recompensa ainda maior: um cachorro que, com marra de ‘guarda de segurança’, cuidou do seu carro e, depois, virou parte da família.

Vitor contou ao que havia comparecido a uma festa no sábado e, por volta das 3h da manhã, percebeu que o carro havia sido levado. Ele acionou a família e fez boletim de ocorrência para registrar o crime. Na reta final para pagar todas as parcelas do automóvel, o eletricista ficou muito chateado com a situação. Porém, uma notícia mudou toda a sua vida – literalmente – na terça-feira (18).

A polícia ligou para o jovem e informou que o carro havia sido encontrado no bairro Moreninhas, mas tinha um pequeno – e fofo – empecilho: um cachorro de rua tinha subido no capô do carro e estava protegendo o veículo.

“Eles [policiais] me ligaram e falaram que a guarnição não chegava perto porque o cachorro estava protegendo o carro”, contou Vitor. “Na hora que eles falaram que o cachorro estava em cima do carro, eu arrepiei”.

O jovem, então, foi para a (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Furtos de Veículos), onde encontrou o carro e, como era de se esperar, o cão junto.

“O cachorro estava agressivo com todo mundo, mas na hora que eu cheguei, tratou comigo como se eu fosse dono dele há muito tempo. Chegou, abanou o rabo, me lambeu, abraçou. Daí eu pensei: ‘Esse cachorro vai ser meu’”.

Não deu outra, depois de oficializar os documentos para levar o carro para casa, Vitor adotou o animal e o batizou de “Heineken”. O nome não foi por acaso, uma vez que o rapaz estava bebendo a cerveja ‘verdinha’ quando recebeu a ligação da polícia. Além disso, tem um outro cachorro chamado Budweiser. “Tinha que ser Heineken, não dava para ser outro nome”, contou o rapaz.

Na casa nova

Depois de cuidar do automóvel, Heineken ganhou um novo lar. Abandonado na rua há muito tempo, ele foi encontrado bem magro e com várias doenças, mas já está fazendo tratamento com veterinário. Apesar da saúde debilitada, o animal não teve nenhum problema para se adaptar à nova casa e família.

“Parece que sempre morou aqui, eu quero fazer de tudo pra fazer ele sobrevier”, disse Vitor. Heineken precisa fazer transfusão de sangue, está com doença do carrapato e vários outros acometimentos.

Assim, Vitor pede ajuda da população para os tratamentos. Quem puder ajudar, é só enviar um PIX, de qualquer valor, ao email manginovilela@gmail.com.

Veja também

Últimas notícias