MidiaMAIS

Sem festas físicas, confeiteira aposta em caixas de Festa Junina para não perder tradição

Em mais um ano sem a tradicional festa brasileira, a confeiteira Christyane Telles decidiu inovar

Carlos Yukio Publicado em 13/06/2021, às 06h00

(Reprodução, Arquivo Pessoal)
(Reprodução, Arquivo Pessoal)

Mais uma vez, graças à pandemia do coronavírus e a lenta imunização do país, não teremos Festa Junina. Mais um ano sem vários doces maravilhosos que fizeram e fazem parte da infância de muitos, como pé-de-moleque, pipoca doce, arroz doce, canjica, curau, maçã do amor, doce de leite, e muito mais.

Pensando em sanar essa falta que a festa nos faz, com segurança claro, a confeiteira campo-grandense Christyane Telles criou caixas juninas. A empresa de confeitaria que nutre no Instgram (@docesdachriscg) nasceu na pandemia. Nascida em Campo Grande, Chris morou por 11 anos em Florianópolis, onde tinha um brechó beira-mar. Mas com a queda da economia em 2020, foi obrigada a fechar o negócio e voltou para o MS.

“Era minha segunda paixão. Mas infelizmente, por conta do covid eu quebrei. Então voltei para casa de minha mãe e continuei com brechó mas somente online. Precisava de outra renda, então comecei sozinha, sem cursos, a estudar pela internet a confeitaria”, explica a empresária.

(Reprodução, Arquivo Pessoal)

O primeiro trabalho que a confeiteira empreitou foi a Festa na Caixa. O filho, social mídia, passou a ajudar com o marketing digital no Instagram e no Facebook. Em junho, decidiu apostar nas festas nas caixas juninas para conseguir uma renda extra e também relembra os tempos nostálgicos da infância.

“Comecei a me lembrar como eram antes. Eu mesma passei infância e adolescência frequentando as festas juninas. Aqui é praticamente cultural. Nasci em Campo Grande, mas não tenho mais relacionamentos e agora estamos a cada dia construindo nossa história”, frisa Chris.

Na caixa, a confeiteira lembra que pipoca não.pode faltar, docinhos com amendoim e a receita maravilhosa de broa preparada pela mãe, entre outras delícias características das festas juninas. Para acompanhar o trabalho basta entrar em contato pelo Instagram ou pelo telefone (67) 98185-4622.

Jornal Midiamax