MidiaMAIS

Muro da Pestalozzi é revitalizado e faz convite à gentileza em Campo Grande

O muro de doações da Pestalozzi de Campo Grande foi revitalizado e se transformou em uma obra de arte a céu aberto

Nathália Rabelo Publicado em 13/11/2021, às 14h20

Revitalização do Muro da Gentileza da Pestalozzi foi lançada neste sábado (13)
Revitalização do Muro da Gentileza da Pestalozzi foi lançada neste sábado (13) - Foto: Divulgação

O Muro da Gentileza da Associação Pestalozzi de Campo Grande já é bem conhecido na capital, mas agora, além de incentivar a solidariedade entre pessoas, ele se tornou uma obra de arte ao ar livre. Após cinco anos de funcionamento, ele passou por revitalização e foi lançado neste sábado (13), a mesma data em que se comemora o Dia da Gentileza.

Com o slogan: “Quem precisa pega, quem não precisa deixa”, o muro da Pestalozzi é um espaço de incentivo para a solidariedade, onde é possível deixar ali mesmo doações que possam ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade que passam pelo local. A ação é realizada desde 2016 na cidade.

A revitalização foi feita pela artista plástica Ana Ruas, que transformou o espaço em uma bela obra de arte a céu aberto. Quem passar por lá vai encontrar, no muro, um tronco de árvore que se ramifica em generosos galhos. Sobre eles, ganchos e suportes para receber os objetos doados. 

Ana Ruas explica a ideia que originou a pintura: “Podemos imaginar que esse tronco e esses galhos vêm de uma frondosa árvore que produz sombra e frutos. Então as doações penduradas nos galhos são como presentes ou frutos para quem precisa”, disse.

Para participar desta ação de solidariedade basta separar os itens que deseja doar como roupas, sapatos, bolsas, livros e demais artigos e depositá-los no muro. Os itens já podem ser deixados no espaço a partir deste sábado.

Sobre o Muro da Gentileza

A primeira versão do muro foi feita em 2016 por um professor de artes da associação com a participação dos próprios alunos.

O Muro da Gentileza cativou os campo-grandenses desde sua criação. A iniciativa frequentemente reúne um volume de doações maior do que a demanda de quem passa pelo endereço. Por conta disso, as doações do Muro da Gentileza também são distribuídas pela Pestalozzi em regiões carentes da cidade.

Jornal Midiamax