Livro sobre Dom Aquino será lançado para comemorar aniversário de Campo Grande

Obra será lançada no dia 24 de agosto para retratar os 100 anos da excursão do arcebispo à Capital
| 10/08/2021
- 19:47
Livro sobre Dom Aquino será lançado para comemorar aniversário de Campo Grande
Dom Aquino - Foto: Divulgação

O aniversário de Campo Grande, celebrado no dia 26 de agosto, está chegando! E um presente especial está sendo preparado para homenagear os 122 anos da nossa eterna Capital. No dia 24 desse mês, o Dom Aquino. 1920 – 2020, Centenário da Excursão Presidencial ao Sul de Mato Grosso” será lançado para contar a história da excursão realizada pelo arcebispo e sua trajetória por terras campo-grandenses.

Pe. Tiago Figueiró e Ricardo Figueiró são os organizadores da obra, que reúne textos autorais e de outras personalidades para abordar os 100 anos dessa importante viagem.

“É um livro que comemora o centenário da vinda de Dom Aquino a Campo Grande. Na época, ele era presidente do Estado. Presidente porque era o nome que se dava ao que nós, hoje, chamamos de governador. Ele fez uma viagem que se chamava ‘Excursão’ e, nessa viagem, ele foi para o norte do Mato Grosso e depois veio para a região sul. Aqui na região sul, ele visitou de Porto Murtinho a Três Lagoas e passou por Campo Grande em 1920, então o livro retrata isso”, explica o geógrafo Arnaldo Rodrigues Menecozi ao jornal Midiamax, que atua no Instituto Histórico e Geográfico de MS (IHGMS), organização responsável pelo lançamento literário.

Além disso, a obra também aborda o contexto em que Campo Grande vivia nos anos de 1920.

“D. Aquino chegou a Campo Grande por trem, vindo de Aquidauana, tendo sido recebido na estação ferroviária. As crônicas de sua visita aos municípios nos fazem sentir participantes dessa aventura que ainda hoje empolga e desafia. Os textos de jornal da época utilizados foram transcritos para a grafia atual para facilitar ao leitor”, comentaram os organizadores da obra, Pe. Tiago Figueiró e Ricardo Figueiró.

Sobre o livro

De acordo com os responsáveis, “Dom Aquino. 1920 – 2020, Centenário da Excursão Presidencial ao Sul de Mato Grosso” é dividido nos respectivos assuntos:

  1. Dom Aquino Corrêa e o Sul de Mato Grosso – 1920 – Fernando dos Anjos Souza. Coronel R/1 do Exército Brasileiro, declarado aspirante a oficial da Arma de Engenharia na Turma de 1978 da Militar das Agulhas Negras. Mestre e Doutor em Ciências Militares. Graduado em História, especialista em docência do Ensino Superior, mestre em Educação e Doutor em História pela Federal da Grande Dourados (UFGD).
  2. Traços de um homem de Deus. Dom Francisco de Aquino Corrêa - Germano Aleixo Filho, Prof. da Universidade Federal de Mato Grosso, atual assessor da Presidência do TJMT.
  3. Obras e dom literário de Dom Aquino - Rubenio Marcelo, poeta escritor, membro efetivo da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras e membro correspondente da Academia Mato-Grossense de Letras.
  4. Apontamento sobre Dom Aquino e a pacificação política em Mato Grosso - Carlos Alexandre Barros Trubiliano, Docente da Universidade Federal de Rondônia (Unir); Doutor em História pela Universidade Estadual Paulista (UNESP)/ Campus de Franca.
  5. Crônica da estadia de D. Aquino em Campo Grande. 4 a 9 de junho de 1920 - Pe. Tiago Figueiró, Salesiano de D. Bosco – SDB.
  6. A história da Capela do arraial de Santo Antônio nas origens de Campo Grande – Sr. Ricardo Maria Figueiró, empresário e Pe. Tiago Figueiró, SDB.
  7. A demanda de regularização da Fazenda Cabreúva, município de Campo Grande, ao governador D. Aquino – Sr. Ricardo Maria Figueiró, empresário e Pe. Tiago Figueiró, SDB.
  8. Deputado Federal, General Manuel Severiano Ferreira Marques. Membro da Comitiva de D. Aquino – Pe. Tiago Figueiró, SDB.
  9. Roteiro da Visita do Governador do Estado de Mato Grosso Dom Aquino aos Municípios do Sul do Estado. 1920 – José Vicente Dalmolin, Professor, Graduado em história, geografia (UFMT) e pedagogia (UFMS). Pós-graduado pela UFRJ e mestrado pela UFSC.

Serviço

O livro será lançado no dia 24 de agosto no Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso do Sul, às 19 horas. Interessados em comprar a obra podem comparecer ao local e falar diretamente com os responsáveis nos horários de atendimento, de segunda a sexta-feira.

Quem foi Dom Aquino

Francisco de Aquino Corrêa foi um arcebispo que assumiu a presidência do Estado de Mato Grosso, em 1917, aos 32 anos. Dom Aquino nasceu em Cuiabá, em 1885, e faleceu em 1956; foi o único mato-grossense a compor o quadro da Academia Brasileira de Letras, graças aos inúmeros livros que escreveu. Foi também um dos principais incentivadores à fundação da Academia Mato-grossense de Letras e do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso.

"D. Aquino foi quem elevou à categoria de cidade, o município de Campo Grande. A sua visita nos faz conhecer melhor as raízes de Campo Grande, começada depois da Guerra da Tríplice Aliança. Seus inícios estão ligados a Santo Antônio, cuja memória do marco inicial (A capela do Arraial de Sto Antônio) foi negligenciada; e estão ligados à ocupação da terra como o atestam a história de uma rua esquecida chamada Joaquim Ornellas, bem como a história da fazenda Cabreúva, que dá nome de bairro na cidade, cujas memórias foram ocultadas, silenciadas, esquecidas na sua história", explicou o Pe. Tiago Figueiró.

dom aquino
Livro será lançado no dia 24 de agosto, em Campo Grande (Foto: Divulgação)

 

 

Veja também

Shows começam a partir de 18h30 e entrada é gratuita

Últimas notícias