MidiaMAIS

Lágrimas, sorrisos e abraços marcam reencontro de amigas em festa de 15 anos

Morando fora há três anos, Débora surpreendeu gêmeas e apareceu na festa de 15 anos

Guilherme Cavalcante Publicado em 26/02/2016, às 09h00

None
captura_de_tela_de_2016-02-25_204538.png

Morando fora há três anos, Débora surpreendeu gêmeas e apareceu na festa de 15 anos

Quando Débora Benevides foi morar no Rio de Janeiro para seguir com o treinamento de paracanoagem, as gêmeas Nádia e Sofia Prestes ficaram em dividida: por um lado, Débora poderia finalmente se dedicar ao esporte e representar o país nas Paraolimpíadas de 2016. Por outro, elas perderiam o contato quase diário com a amiga que, na verdade, era quase uma irmã. No final, acabaram entendendo que a viagem era uma oportunidades única para Débora e 'abençoaram' a mudança de lar.

Lágrimas, sorrisos e abraços marcam reencontro de amigas em festa de 15 anosDesde a despedida, o contato entre as três aconteceu só pela Internet ou telefone. Talvez por isso a surpresa preparada pelos pais das gêmeas tenha sido tão especial: durante o aniversário de 15 anos de Sofia e Nádia, no último sábado (20), Débora apareceu inesperadamente no salão enquanto as irmãs assistiam a um 'vídeo-pegadinha' com um pedido de desculpas pela ausência, exibido durante a festa.

"Quando eu vi a Débora estava do meu lado. Demorou para cair a ficha, eu não acreditei de primeira, porque ela está nas vésperas das paraolimpíadas e em treinamento intensivo, não poderia vir à festa por isso", explica Nádia. "Foi uma surpresa maravilhosa, porque ela é alguém muito especial, faz parte das nossas vidas e a gente queria que ela estivesse nesse dia", comenta Sofia.

A amizade entre as três surgiu há muitos anos. A mãe de Débora trabalhava na casa das gêmeas. "Como eu era mais velha, eu gostava de cuidar delas, tinha muito amor. Como a gente morava na mesma rua, às vezes eu dava uma de babá, dava comida para elas", explica a para-atleta, de 20 anos. "Nós crescemos juntas, com um laço muito forte. É como se fôssemos irmãs", relata.

Aos pais, João Prestes e Aline Hitome Prestes, ficaram os agradecimentos por proporcionarem o reencontro. "Foi tudo combinado debaixo do nosso nariz, e a gente não desconfiou de nada. Por isso, foi uma surpresa tão linda", conta Sofia. "Foi o melhor presente que eles poderiam nos dar", reforça Nádia.

Depois da surpresa, foi só sorrisos entre as amigas / Foto: Minamar Jr.

O plano

Débora conta que foi difícil conseguir brecha na agenda de treinamentos para comparecer a festa. "Mas o pai delas insistiu tanto que eu dei um jeito. O interessante é que tive que me esconder delas quase dois dias, para que elas não me vissem, pois estávamos na mesma rua", conta.

O vídeo gravado, a propósito, fazia uma brincadeira. "Eu fiz um depoimento dando parabéns, agradecendo a amizade e explicando porque não pude ir, daí num momento eu digo: 'pensando bem, deixa eu ir aí dizer pessoalmente'. Foi nessa hora que apareci e fiquei do lado delas".

"A gente sabe que ela fez um esforço incrível para estar aqui. Um tempo atrás ela não pode vir para ver os sobrinhos, mas conseguiu vir para a nossa festa. Não tem palavra que descreva essa surpresa. A gente tem uma amizade muito bonita, ela é nossa irmã, não poderia faltar nunca à festa", conclui Sofia.

Jornal Midiamax