MidiaMAIS

Publicitária cria marca de roupas para “uniformizar” a família

‘Tal Mãe, Tal Filha’ fazem o sucesso das festas, inclusive, dos famosos

Carol Alencar Publicado em 20/06/2015, às 09h44

None
capa_tal_mae_tal_filha.jpg

‘Tal Mãe, Tal Filha’ fazem o sucesso das festas, inclusive, dos famosos

Desde que a moda é moda, os inventos são os inúmeros possíveis. Claro que, com o necessitar da humanidade, os estilos são criados e assim, a indústria vai facilitando o ‘atender a todos’. Pensando na própria necessidade e claro, nas de muitas mães e pais, a publicitária Verenna Cabalero, 28 anos, criou uma marca para agradar os papais e as mamães vaidosos.

Mãe do pequeno Nicolas, de 4 anos e da princesinha Stella, de 1 ano e 10 meses, ela sentiu na pele, um desejo antigo, de querer o filho vestido igual ao pai em seu primeiro aniversário. “Procurei igual doida vestimentas semelhantes aqui no Brasil e não encontrei nada na época; tive de mandar fazer”, conta. O tema da festinha foi fazendinha; tanto o papai, quanto o bebê estavam com roupas idênticas.

Até aí tudo bem. A preocupação de Verenna era só encontrar roupas pro marido e filho. Só que, ela engravidou da tão sonhada menininha e aí, a necessidade de elas se vestirem iguais aumentou dentro do coração da mãezona. “Era um sonho pra mim, ter minha filha vestindo igual, são coisas de mãe, sabe? Então senti uma carência, de uma loja específica e física aqui no Brasil, não tinha, só pela internet e resolvi criar uma loja e marca que atendessem esse perfil”, comenta.

Tal mãe, Tal filha

A publicitária, mãe de dois, cheia de ideias, não sossegou enquanto não colocou em prática a vontade de criar a sua marca. “Pensei nas mães que são iguais a mim e sonham em ter a filha vestindo igual e criamos a Tal Mãe, Tal Filha, e agora estamos lançando as roupas de gala, para atender as festas que têm acontecido em Campo Grande”, explica.

O mais bacana é que, a marca da publicitária não é só para as mamães. Ela pensou na família toda e atende, além do papai vestindo igual o filhão, as vovós, vovôs, dindas e dindos e até os tios e tias. “O legal é dar oportunidade de toda a família sair vestida igual”, diz.

Além da sua marca de roupas, a publicitária – que pode ser considerada uma empreendedora nata, tem uma outra marca que atende só lembrancinhas de crianças, a Luxo de Bebê. Segundo Verenna, ela mesma cria todas as lembrancinhas e desenha todas as roupinhas da marca que criou.

Na página doFacebook, mais de 11 mil curtidas em menos de 7 meses de criação da marca e no Instagram, os seguidores somam mais de 18 mil. Sobre o sucesso prematuro Verenna diz: “não tem nada de novidade, só que no Brasil não tínhamos ainda uma loja específica e, as mães que tinham vontade de comprar roupas iguais às dos filhos, tinham que pedir via internet e roupas pela internet é meio confuso, porque as vezes nunca agrada a gente, chega com um tamanho diferente, etc”.

Jornal Midiamax