MidiaMAIS

Provas esportivas do Cavalo Pantaneiro agitam o feriadão na Expogrande

As competições acontecerão na pista de laço da Acrissul

Gerciane Alves Publicado em 30/04/2015, às 16h37

None
cavalo.jpg

As competições acontecerão na pista de laço da Acrissul

Para quem está procurando uma diversão para toda a família neste feriado de 1º de maio uma opção são as provas esportivas que envolvem o Cavalo Pantaneiro que serão realizadas nesta sexta-feira a partir das 8h na Expogrande. As competições acontecerão na pista de laço da Acrissul, onde haverá provas de laço técnico, team penning e tira-boi.

O presidente da ACCP-MS (Associação de Criadores do Cavalo Pantaneiro de Mato Grosso do Sul), Alexandre Penna, explica que a raça vem se destacando em provas equestres: “O Cavalo Pantaneiro tem obtido ótimos resultados em competições nacionais e internacionais, o que o coloca em posição de destaque nos esportes equestres, além, claro, da sua funcionalidade na lida com o gado”.

 As competições de laço técnico, team penning e tira-boi põem a prova também as habilidades de seus montadores, que precisam estar atentos às ordens dos juizes e saberem controlar os cavalos, seja com o objetivo de laçar reses ou pastoreá-las para mangueiros.

 “Essas práticas esportivas rurais são uma forma que o homem do campo encontrou para se divertir e ao mesmo tempo estar treinando – ele e o cavalo – para a lida com o gado”, explica Alexandre Penna.

 Nesta edição da Expogrande, 45 animais da raça vieram de criadouros tradicionais do vizinho Mato Grosso, onde se localiza a sede da ABCCP (Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Pantaneiro), em Poconé, para incrementar a festa. Esses e outros 55 animais de MS passaram pelo julgamento morfólogico feito por especialistas.

 A participação da ACCP-MS na Expogrande 2015 culmina no grandioso 14o Leilão do Cavalo Pantaneiro, que ofertará 40 animais de extrema qualidade aos interessados em ingressar na raça e àqueles criadores que buscam o melhoramento genético e maior funcionalidade dos respectivos plantéis.

Diferenciais do Cavalo Pantaneiro

 Na lida com o gado, o Cavalo Pantaneiro suporta as intempéries de um dia exaustivo de trabalho, tendo como aliados cascos resistentes e sendo rústico (sem necessitar de cuidados especiais). No mercado do turismo, sua docilidade é ideal para o trato com turistas. Nas competições esportivas, como o enduro equestre e as provas de laço, a raça se destaca pela agilidade e fôlego.

 Estudos da Embrapa Pantanal indicam que para a conservação da raça a preservação do Pantanal se faz necessária, já que a alimentação baseada no capim nativo foi o que a manteve resistente ao longo de séculos. A instituição desenvolve, em parceria com a ACCP-MS, pesquisas em manejo, melhoramento genético e sanidade, com tecnologias transferidas aos produtores para conservação e aumento da qualidade da raça.

Confira a programação da ACCP-MS:

 1º de maio – 8h Provas funcionais; 19h Premiação dos vencedores do julgamento morfológico e apresentação dos animais do leilão

2 de maio – 8h Finais das provas funcionais; 19h Leilão do Cavalo Pantaneiro

 Mais informações pelos fones 67 9912 8889 e 67 9292 4915.

Jornal Midiamax