MidiaMAIS

Museus têm programação especial com pedal, mostras noturnas e shows

Evento acontecerá entre 17 e 19 de maio na Capital

Midiamax Publicado em 03/05/2015, às 01h23

None
mis_alexander-onca-672x372.jpg

Evento acontecerá entre 17 e 19 de maio na Capital

As unidades museológicas de Mato Grosso do Sul contarão com um programa especial durante a 13ª Semana Nacional de Museus, que acontecerá entre 17 e 19 de maio. Recheada de novidades, a programação conta com Noite dos Museus, Pedal Cultural, apresentações musicais e teatrais, abertura de exposições, lançamento de vídeo, oficina lúdica para crianças, palestras e oficinas. Tudo com entrada franca.

Organizada pelo Sistema Estadual de Museus, a 13ª Semana Nacional de Museus envolverá o Memorial da Cultura Apolônio de Carvalho e instituições culturais parceiras: Biblioteca Pública Estadual Dr. Isaías Paim, Museu de Arte Contemporânea (Marco), Museu das Culturas Dom Bosco, Museu da Imagem e do Som e Museu de Arqueologia da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. É realizada com o apoio da Secretaria de Cultura, Turismo, Empreendedorismo, Inovação e Tecnologia e da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, em parceria com o Instituto Brasileiro de Museus – Ibram.

A Noite dos Museus é um projeto que amplia o horário das exposições, possibilitando ao público a participação em debates, em exibições de filmes, apresentações musicais e demais eventos culturais. A ideia aproxima e chama a atenção do público para os espaços, as coleções e os desafios destas instituições. Em Campo Grande a Noite dos Museus será realizada no dia 17 de maio (domingo), com a Oficina Lúdica na Biblioteca Pública Dr. Isaías Paim, a partir das 17 horas.

Já o Pedal Cultural é um passeio por alguns pontos de relevância histórica da cidade e será conduzido por um grupo de ciclistas experientes organizado pelo vereador Eduardo Romero. A saída será depois de concentração realizada às 17 horas em frente do Memorial da Cultura. O roteiro do passeio passa pelo Colégio Osvaldo Cruz, Mercado Municipal, Morada dos Baís, Hotel Gaspar, Memorial Okinawa, Complexo Ferroviário, Correio Central, Casa do Artesão, Relógio, Loja Maçônica e Igreja Santo Antônio. O objetivo é chamar a atenção para o patrimônio arquitetônico e cultural e para a questão da sustentabilidade. O retorno será às 19 horas.

A abertura oficial da Semana dos Museus acontece no Memorial Cultural logo após o Pedal Cultural, às 19 horas. Em seguida será apresentada a performance “Caminhos de Ferro”, por Isac Zampieri e Tiago Moura. Na sequência será aberta no Museu da Imagem e do Som a Exposição Fotográfica “Ladrilho Hidráulico: Revelando a História de Aquidauana”. Já no Museu de Arqueologia da UFMS será lançado o curta de Animação com linguagem em Libras “Brincando com o passado no Museu”.

O show “Sinalizadores”, da banda Lucatan, encerra-se às 21 horas a Noite dos Museus. Permeado de poesias e reflexões, o espetáculo conceitual busca sensibilizar o ouvinte para o despertar do aqui e agora, para o presente constante e vívido. A proposta é instigar a plateia “a pensar e olhar para si, provocando-a a perceber-se como ser ativo e construtor de sua história”, segundo os integrantes. O repertório autoral mescla música erudita e música popular brasileira.

Na segunda-feira (18 de maio), às 8 horas, acontece a oficina “Pensando Estratégias Criativas e Sustentáveis”, ministrada pela coordenadora de Promoção e Gestão da Imagem Institucional Ana Lourdes Costa (DDFEM/IBRAM). A atividade tem intervalo para o almoço e retorna às 13h30, com término às 15 horas.

A partir das 16 horas será realizada a palestra “Organização e preservação de acervos físicos e digitais: os desafios de um órgão arquivístico em Mato Grosso do Sul”, ministrada pelo professor Vitor Wagner, doutor em História e professor do Curso de História da UFMS/CPTL e pelo coordenador do Núcleo de Documentação Histórica, Honório de Souza Carneiro da UFMS/CPTL. Ambas as atividades acontecerão no Museu de Arte Contemporânea – Marco.

Na terça-feira (19 de maio), às 8h30, no Museu das Culturas Dom Bosco acontece a palestra “Revitalização e adequação de espaços para programas “museais”: Projeto Espaço Cultural Melo Cáceres”, ministrada pelo tenente-coronel Figueiredo, da 9° Região Militar – Comando Militar do Oeste. Em seguida, às 10h30, será proferida a palestra “Como aproximar o acervo das pessoas”, ministrada pela museóloga Eliane Oliveira Lima.

Na parte da tarde, a partir das 14 horas, será realizada no Museu da Imagem e do Som a palestra “Práticas éticas em museus – respeito amplo pela diversidade cultural das comunidades ligadas a este patrimônio”, ministrada por França, do Museu Virtual das Moreninhas. Em seguida, às 15h30, será realizada a “Reunião técnica sobre o Sistema Estadual de Museus”.

Celebrando os museus – O Dia Internacional dos Museus, comemorado em 18 de maio, foi definido pelo ICOM – The International Council of Museums, organismo da Unesco. No Brasil a data é rememorada desde 1977. Atualmente a Semana Nacional de Museus celebra a data e sua 13ª edição reúne 1.378 instituições culturais, realizando mais de 4.500 atividades por todo o Brasil.

A Semana Nacional de Museus busca contribuir para despertar a consciência sobre a importância do patrimônio cultural e a sustentabilidade. Oferece ainda atividades de reflexão e formação técnica na área de museologia para profissionais, estudantes e público em geral. É exercício para o corpo – como o Pedal Cultural – e para a alma, por meio de exposições, música e reflexão.

Jornal Midiamax