MidiaMAIS

Malas prontas: fiéis já se preparam para acompanhar visita do Papa ao Paraguai

Os dois ônibus vão sair de Campo Grande às 9 horas do sábado (11) 

Mikaele Teodoro Publicado em 09/07/2015, às 09h24

None
capa_papa.jpg

Os dois ônibus vão sair de Campo Grande às 9 horas do sábado (11) 

Ainda criança e conduzida pelos pais, Mônica Silveira acompanhou a vista do papa João Paulo II à Campo Grande em 1991. Na época, sem entender muito bem a dimensão do acontecimento, ela pouco se envolveu com o evento que movimentou a Capital e precisou esperar 22 anos, para de fato, conhecer a emoção. “Reuni a família toda e fomos para o Rio de Janeiro durante a Jornada Mundial da Juventude. Ali eu descobri o que é estar diante do nosso papa, o papa Francisco”, explica a enfermeira Mônica, hoje aos 40 anos.  

No próximo sábado (11) ela embarca, ao lado de 81 companheiros, rumo ao Paraguai onde vai acompanhar mais uma visita papal. Serão poucas horas com o Sumo Pontífice, mas que valerão muito a pena. “Vai ser no esquema bate e volta. Mas estamos muito felizes em poder ir”, conta.

Os dois ônibus vão sair de Campo Grande às 9 horas do sábado (11) e serão mais de 10 horas de viagem até Assunção, no país vizinho. Por lá, eles vão participar da missa celebrada pelo Papa Francisco às 10 horas do domingo (12).

“Ele vêm para nos mostrar o melhor caminho para compreender o evangelho, nos ajuda a ter discernimento e nos orienta através de suas palavras. Para nós católicos é algo extremamente importante”, diz a enfermeira que levará, além do marido, uma das filhas.

De acordo com Marco Antônio Campos, o Marquito, cada pessoa desembolsou R$ 370 pela viagem. “Nós imaginamos que não teria adesão, por ser muito perto a data, mas pelo contrário. Temos até fila de espera”, conta.

Há 10 anos Marquitos atua como “organizador” das caravanas e para quem acha que a viagem será cansativa ele logo alerta: “é muito divertido. Vamos conversando, rindo. Nem dá para ver o tempo passar”, diz.

Visita Papal

O papa iniciou sua jornada pela América do Sul na segunda-feira ( 6) quando desembarcou no Equador até a quarta-feira (8) quando viajou para a Bolívia . Ao Paraguai ele chega na sexta-feira (10) e só volta ao Vaticano no final do dia (12).

A aproximação de papa Francisco com a América Latina – ele é argentino – fez de sua visita uma grande festa. No Paraguai, onde a maioria da população se declara católica, tanto o governo quanto setores da sociedade civil iniciaram os preparativos imediatamente após o anuncio de sua visita. Esta será a segunda visita de um papa ao país.

De acordo com a imprensa local, a cidade de Assunção espera ter lotação máxima a partir desta quinta-feira. Turistas argentinos e brasileiros, principalmente do Paraná e do Mato Grosso do Sul, estão entre os visitantes que chegarão em maior número ao país. 

Jornal Midiamax