MidiaMAIS

Festival de Tatuagem vai reunir artistas e fãs para sacramentar MS no cenário nacional

O evento acontece entre os dias 6 e 8 de novembro 

Mikaele Teodoro Publicado em 12/08/2015, às 09h26

None
tatu.jpg

O evento acontece entre os dias 6 e 8 de novembro 

A maior convenção de tatuagem já realizada em Mato Grosso do Sul tem data e local marcados para acontecer. Entre os dias 6 e 8 de novembro, a Capital, mais especificamente o Armazém Cultural, será o palco do Inked Tattoo Festival que promete selar o fortalecimento do mercado local no cenário nacional da tatuagem. Campo-grandenses, paulistanos, cariocas e quem mais chegar. A ideia é reunir todos os amantes da arte na pele em um só lugar.

Com workshops, exposições e concursos, o evento quer promover um intercâmbio de conhecimento entre os artistas locais e os de fora. Juma Tatuero e André Peralta assinam a curadoria que conta com pelo menos 23 expositores.

“Fizemos um trabalho bem criterioso na escolha dos artistas que virão. São tatuadores de alto nível, e por isso, o evento já nasce com uma proposta muito grande”, diz Juma ao explicar que o fato de já ter trabalho ao lado de grandes profissionais da tatuagem facilitou no processo de definição dos expositores.  

Para Peralta, todo mundo ganha com a chegada do evento, os tatuadores que poderão se especializar e buscar experiência e o público apaixonado pela arte. “É uma ótima oportunidade para quem está começando nesse mundo também. Quem não tem muita informação, não sabe muito bem por onde começar, essa é uma grande oportunidade”, diz.

A programação de atrações, lançada oficialmente na noite desta terça-feira (11), prevê palestras sobre o mito da modificação cultural, a arte corporal no mundo moderno e outros temas de interesse de artistas e fãs da tatuagem. Além disso, o evento não dispensa os tradicionais concursos de Miss e Mister Tattoo.

Tácia Ronda empresta o rosto e as tatuagens – é claro – para dar “cara ao evento”. Como modelo do festival ela colabora com a divulgação e se diz empolgada com a oportunidade de participar. “Tatuagem é uma paixão mesmo. Quem tem, sabe: é só fazer a primeira para se apaixonar e parar é bem difícil. Tenho 13, relativamente pequenas, mas a ideia é aumentar esse número”, disse.

Cada vez mais, a tatuagem rompe as fronteiras do nicho, da tribo e consolida seu prestígio social. É difícil encontrar quem não as tenha ou não pense em fazer. “É um mercado que movimenta milhões. Há dados que revelam que no Brasil, a cada dez pessoas, quatro têm tatuagem e três gostariam de fazer”, afirma Thayssa Maluff, assessora de comunicação do evento.

 “Nós viajamos para o Tattoo Week SP, pesquisamos bastante para entender o que o evento poderia oferecer em Campo Grande”, diz Thayssa. Ela explica que o crescimento, em número e em qualidade, dos nossos estúdios alavancou a criação do festival. “A ideia surgiu desta necessidade de reunir e trocar experiências entre o público e os artistas daqui que estão produzindo bastante e movimentando o mercado”, conta.

Para os irmãos André e Edu Mariani, do Dharma Estúdio, a expectativa para o evento é melhor possível. “Participamos do Festival de São Paulo e por lá aprendi coisas e busquei experiências que levaria anos para aprender em qualquer outro lugar. Isso é muito importante. É amadurecimento e profissionalismo para todo mundo”, disse Edu.  Mais informações na página do evento no Facebook ou no perfil no Instagram.

Programação completa:

5 de novembro (quinta)

• 23 horas – Festa de lançamento do evento e apresentação cultural com Banda + DJ Magão Ramires

6 de novembro (sexta)

• 8 horas – Abertura do credenciamento para expositores
• 8h30 – Entrada de expositores e montagem
• 13 horas – Abertura dos portões ao público para as palestras e credenciamento da imprensa
• 13h30 – Início das palestras – A pele ancestral – Um olhar sobre a pintura corporal indígena – com o professor e doutor José Sarmento Nogueira.
• 14 horas – Workshop  – Como consertar uma máquina de tatuagem –  com Alessandro 
• 15 horas – Mesa Redonda – Inscrições na “pele” de um Estado: Perspectivas de turismo, inovação e estranheza  em MS – , com Dr. Milton Mariani (UFMS); Dra. Cleonice Alexandre le Bourlegat (UCDB) e mediador professor e doutor  Josemar Maciel (UCDB)
• 17 horas – Palestra – O Lugar que habito e as profundas arquiteturas efêmeras – com a artista plástica Ana Ruas (MS)
• 18h30 – Palestra – Usando o Marketing Digital para bombar seus negócios on-line – com Álvaro Vasques, CEO Opt3 (MS)
• 19h30 – DJ Magão Ramires
• 20 horas – Freak Show com Diabos Mutantes Equipe de Suspensão (SP)
• 20h30 – Solenidade de abertura oficial do evento e homenagem a cena da Tatuagem de 
• 21 horas – Show com a banda Facas Voadoras (MS)
• 22 horas – Encerramento do primeiro dia do evento

7 de novembro (Sábado)

• 9 horas – Abertura para os expositores
• 10 horas – Abertura dos portões ao público
• 10h30 – Palestra –  Desconstruindo o mito da modificação corporal – com Cláudia Machado, Cientista Social, pesquisa Antropologia do Consumo e Mídias Sociais (RJ)
• 12h30 – Atração musical Voz e Violão
• 13h30 – Palestra  – Introdução a arte Corporal no mundo moderno – com André Meyer, um dos precursores do Body Piercing na cultura vanguardista brasileira (SP);
• 14 horas – Workshop de Body Piercing com Snoopy (SP)
• 15 horas – Palestra – Tatuagem sagrada? – com Josemar de Campos Maciel (UCDB)
• 17 horas – Mesa Redonda Com Cláudia Machado (RJ) + André Meyer (SP) + body piercing + mediadora 
• 18h30 – DJ Magão Ramires
• 20 horas – Final do Concurso Miss e Mister Tattoo MS 2015
• 21h30 – Show com a Banda O Bardo e o Banjo (SP)
• 22 horas – Encerramento do segundo dia do evento

8 de novembro (Domingo)

• 11 horas – Abertura para expositores
• 13 horas – Abertura dos portões ao público
• 14 horas – Workshop de Tatuagem (SP)
• 15 horas – Body Painting com tatuadores 
• 16 horas – Freak Show com Diabos Mutantes – Equipe de Suspensão (SP)
• 19h30 – Solenidade de Encerramento do evento
• 22 horas – Encerramento do evento

Jornal Midiamax