Entre o olhar realista e o poético, “Quase Samba” estreia nesta quarta-feira

A estreia será nesta quarta-feira (22) às 19 horas no MIS
| 20/07/2015
- 15:06
Entre o olhar realista e o poético, “Quase Samba” estreia nesta quarta-feira

A estreia será nesta quarta-feira (22) às 19 horas no MIS

Entre o olhar realista e o poético, este é o olhar lançado sobre o cenário do filme “Quase Samba”.  A história se passa em uma periferia imaginária, um pequeno universo de uma grande cidade, mas onde caberia um Brasil inteiro. Seus personagens são inspirados em novas formas de afeto, de experiência de cidade e trabalho, de família.

A intenção não é imitar o mundo real ou transformá-lo em objeto de estudo antropológico, e sim retratar o básico da vida: a sobrevivência, os sonhos e os lugares de afeto nos quais existir é possível. A obra do diretor Ricardo Targino, que aposta em uma distribuição alternativa da produção, tem Campo Grande na rota de estreia.

A ideia é ultrapassar as salas de cinema e atingir em cheio a população que, por falta de dinheiro ou acesso à arte e o debate sobre a diversidade cultural, não frequenta esses espaços. Depois de participar dos principais festivais de cinema do país, e sair vencedor da categoria de melhor fotografia do Festival do Rio de 2013, “Quase Samba” começa a ser exibido Brasil a fora.  Em Campo Grande, a estreia do filme será totalmente gratuita e aberta para bate-papo e está agendada para o dia 22 de julho, às 19 horas no MIS (Museu da Imagem e do Som de MS).

No filme, Tereza (Mariene de Castro), Fernando (Otto), Shirley (Cadú Fávero), Charles (João Baldasserini) são pessoas comuns que sonham, brilham, têm desejos. E em suas relações, aparecem questões sociais relevantes como núcleos de afeto longe do convencional, a violência contra a mulher, o machismo arraigado na sociedade, a experiência de cidade com suas milícias e periferias violentas, a luta cotidiana pela vida.

A trilha sonora assinada por Pupilo (Nação Zumbi) traz Céu, Otto, Roberta Miranda e Arnaldo Antunes. A mediação do debate será feita por Nilcieni Maciel, Graduada em Letras pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), professora de Língua Espanhola e Literatura na Escola Alternativa e integrante do grupo de Artes Cênicas Circo do Mato. O MIS fica na Avenida Fernando Corrêa da Costa, 559.

Veja o trailer de “Quase Samba”:

 

 

 

Veja também

Estudante aparece de surpresa nas fotos com cara de maníaco ao lado de universitários aleatórios

Últimas notícias