MidiaMAIS

Coletivo usa de tinta a erva-mate para mostrar a beleza de suas cidades

O coletivo é formado pelos artistas Jean Lima , Joni Lima e Maria Laura Cravo 

Mikaele Teodoro Publicado em 28/06/2015, às 10h00

None
20150626161225_2538.jpg

O coletivo é formado pelos artistas Jean Lima , Joni Lima e Maria Laura Cravo 

A exposição “Coletivo 1 + 1 = Bastante” será aberta na próxima quinta-feira (2), na galeria de vidro da Plataforma Cultural da Esplanada Ferroviária. Nas telas, a mistura de elementos como tinta plástica, jornal, retalhos de seda, erva-mate e canetas, representam a diversidade e a riqueza natural da região, reconhecida internacionalmente. Os artistas querem mostrar o que há de bonito em cidades que crescem cercadas pela natureza. O evento está marcado para as 19h30.

O coletivo artístico 1+1=Bastante! foi fundado no ano de 2009 pelos artistas Jean Lima (MS), Joni Lima (MS) e Maria Laura Cravo (RJ). Atualmente, o coletivo conta em sua formação com artistas de MS, RJ e SP. A nova leva de artistas busca também por um circuito alternativo de arte, com exposições em bares e locais onde não se vê obras expostas, como a que ocorreu na Praça da Cantareira em Niterói, no Rio de Janeiro. 

Os artistas selecionaram para apresentação ao público pinturas, fotografias, esculturas e audiovisual, inéditas e já conhecidas do público. Serão exibidas telas da série “Eu me vendo por bem menos do que você imagina!”. A mostra foi inaugurada no Mercado Mundo Mix do 12º Festival de Inverno de Bonito e rendeu ao Coletivo a Menção Honrosa no 2º Salão de Artes de Campo Grande, recebida em agosto de 2010.

Também serão expostas fotografias das séries “Lomo”, “Quem elas pensam que são! ”, “Liberte-se! ”, “Animais” e “Splash”. O público terá oportunidade de assistir ao audiovisual “CHAT: Um curta perigoso! ” (Vencedor do FUA 2012), além de apreciar esculturas em diferentes materiais. O Coletivo 1 + 1 = Bastante busca conceitos diferentes para a arte em Mato Grosso do Sul. “Nossa intenção é formar público”, explica João Rodrigues, tatuador e artista plástico. A galeria fica na Avenida Calógeras, próximo da Avenida Mato Grosso.

Jornal Midiamax