MidiaMAIS

Chefe na F-1 se casa com ex-Spice Girl e lhe dá carro de Bond

Horner deu um Aston Martin DB5 retrô a Halliwel  

Wendy Tonhati Publicado em 16/05/2015, às 19h18

None
geri.jpg

Horner deu um Aston Martin DB5 retrô a Halliwel

O grande dia chegou: Christian Horner e Geri Halliwell enfim trocaram alianças. O chefe da equipe Red Bull Racing naFórmula 1 e a ex-integrante da banda Spice Girl, hoje com 42 anos, subiram ao altar nesta sexta-feira, na igreja de St. Mary, em Bedfordshire, Inglaterra, e emocionaram os convidados de uma cerimônia íntima. O casamento em si, contudo, não foi o que mais chamou a atenção.

Isto porque Horner simplesmente comprou um carrão para presentear a sua mais nova mulher. O chefão da Red Bull esbanjou bom gosto, conhecimento sobre automobilismo e, claro, alto poder aquisitivo ao dar um Aston Martin DB5 retrô a Halliwel como presente de casamento. O automóvel custa R$ 1,6 milhão e era o sonho de consumo da ex-Spice Girl. O motivo? Foi este o modelo usado por James Bond no terceiro filme da série 007.

O presente virou notícia, mas o casamento também teve o seu valor. Apesar de íntima, a cerimônia foi luxuosa e conseguiu emocionar e divertir os convidados. Em um dos momentos mais marcantes da festa, por exemplo, Halliwel pegou o microfone para uma surpresa especial e encantou o marido ao cantar o hit Wannabe. Horner adorou.

Entre os convidados ao casamento estavam Emma Bunton, Jackie Stewart, Amanda Holden, Daniel Ricciardo, David Coulthard, Myleene Klass, Eddie Jordan, Dawn French e Jennifer Saunders. Para o grande dia, Halliwel escolheu um vestido branco com um longo véu desenhado em conjunto com a britânica Phillipa Lepley.

O dia foi mais do que especial à ex-Spice Girl, porque ela sempre teve muito azar no amor . Antes de engatar romance com Horner, no ano passado, Halliwel simplesmente terminou 14 relacionamentos – sendo 12 namoros e dois noivados. Segundo o jornal Daily Mail, a popstar tem “um jeito terrível de auto sabotagem” com os homens, já que perdeu o pai quando tinha 21 anos e, segundo ela própria, a partir daí ficou propensa à solidão e ao anseio por alguma figura masculina em sua vida.

Jornal Midiamax