MidiaMAIS

Campo-grandense de coração, cantora quer dinheiro para estudar música nos EUA

Mirella ganhou bolsa de estudo em uma das melhoras escolas de música

Midiamax Publicado em 13/06/2015, às 12h49

None
11414977_876977922368568_274251813_o.jpg

Mirella ganhou bolsa de estudo em uma das melhoras escolas de música

Desde pequena as notas musicais estiveram presentes em sua vida e os familiares sempre entenderam a importância da música na vida de uma criança. É assim que cresceu a cantora Mirella Costa, 24 anos, natural de Recife, mas campo-grandense de coração, e que hoje busca no mundo um lugar ao sol. Aliás, busca nos Estados Unidos, especificamente na Berklee College of Music, seu espaço e chance de aprimorar ainda mais seu dom.

Ela conta que desde pequena ‘cantarolava’ e com a veia musical na família começou a estudar teclado bem cedo, aos seis anos. “Desde então não parei”, conta. A mãe tocava acordeom, enquanto a avó gostada de tocar piano. Apesar de amar o instrumento, Mirella lembra que o sonho maior era se tornar cantora, mas, na época, nem sabia se tinha realmente o dom. 

Somente anos depois, ela teve a ‘prova’ final, quando cantou em um festival no Colégio Militar, onde estudava, em Campo Grande. Sua trajetória musical até hoje revela que os elogios e incentivos da época foram positivos. Mirella não parou mais e hoje estuda Música, na Faculdade Souza de Lima, em São Paulo. “Desde sempre, eu tinha certeza que iria fazer faculdade música”.

A mudança para a cidade paulista ocorreu depois que sua mãe descobriu um câncer e precisou se mudar de Campo Grande, em busca de um tratamento mais adequado ao seu caso. A nova vida, em São José dos Campos, trouxe também alguns problemas e Mirella precisou se distanciar um pouco de seu sonho.

“Após essa época, eu voltei a fazer aula de canto e comecei a gravar um CD católico que até hoje não saiu, infelizmente, por conta de vários problemas e o financeiro foi um desses”, relembra. Em 2012, ela conta que voltou a estudar música. Agora, o sonho é entrar na faculdade, para qual ela ganhou bolsa, mas precisa arcar com as outras despesas.   

A universidade onde ela estuda é conveniada com a faculdade nos EUA e uma banca de professores de lá sempre vem ao Brasil fazer audições. Foi em uma dessas, em um desses ‘passos de fé’, como ela conta, que Mirella passou pelo processo. “Fiz o processo igual como várias pessoas que tentaram esse ano, mas no meu coração apesar da certeza que Deus cuidava de tudo, eu não sabia se iria passar. Então ao mesmo tempo em que eu acreditava, tentava convencer meu coração que caso não desse em nada, eu pelo menos teria tentado”.

A tentativa, no entanto, deu certo. Dois meses depois o resultado foi positivo e Mirella conseguiu sua carta de aceite e uma bolsa de 50%.  Apesar de representar muito, a bolsa conquistada ainda não era suficiente para arcar com os demais custos. “A anuidade é super alta, 40 mil dólares, não adiantaria muita coisa os 50%”. Com o mesmo pedido de que ‘Deus tomasse conta’ de seu desejo, ela foi uma das três selecionadas na América Latina, por parte da Fundação da Cultura Lantin Grammy, que mantém convênio com a Berklee. “Ganhei 25 mil dólares para pagar meus estudos”, comemora.

O valor do curso Mirella já tem garantido graças à soma das duas bolsas, mas ainda falta o restante para arcar com alimentação, moradia e outros custos. “Agora preciso arrecadar 23 mil dólares, que corresponde à moradia e gastos iniciais”.  Ela precisa do montante até 1° de agosto, quando acaba o prazo para pagar tudo.

Para conseguir realizar o sonho, a cantora precisa de 23 mil dólares por ano, o que equivale a quase R$ 84 mil, e está promovendo uma campanha nas redes sociais para financiamento coletivo. Nesse sistema, quem quiser ajudar pode doar qualquer quantia, mas é preciso que a autora da campanha arrecade o valor integral, se não o site devolve o dinheiro para cada doador.

Mirella produziu um vídeo, onde pede auxílio de quem puder ajudar. “Eu estou fazendo essa campanha de financiamento coletivo, onde você pode colaborar e me ajudar a chegar na Berklee! Sozinha eu posso até chegar em algum lugar, mas juntos podemos ir muito mais longe! Sonha junto comigo?”

Para doar, basta acessar o site www.mirellacosta.com.br/ e fazer a doação por lá mesmo, por meio do pagseguro, com cartão de crédito, cartão de débito, transferência bancária, boleto e débito automático.

https://youtube.com/watch?v=mV2V00BbnpY%3Flist%3DUUwhb3_lIcNjqnNXIPyQZF5w

Jornal Midiamax