MidiaMAIS

Agradecer a vida foi o motivo do vídeo que rendeu 1 milhão de acessos a Marina Peralta

 ‘Agradece’ foi gravada até pela banda Planta & Raíz

Carol Alencar Publicado em 21/05/2015, às 09h13

None
marina.jpg

 ‘Agradece’ foi gravada até pela banda Planta & Raíz

A intenção de agradecer a vida foi o que motivou a cantora e compositora Marina Peralta a gravar, de maneira singela, o vídeo que rendeu nesta semana, mais de 1 milhão de visualizações no Youtube.

A música ‘Agradece’ foi criada um dia após o aniversário da cantora, comemorado em 13 de setembro e gravado pelo próprio celular, no dia seguinte, no quintal de casa – ela mora na zona leste de Campo Grande.

Na música, Marina fala de agradecimento ao recomeço, as oportunidades de cantar e ser ouvida, esperanças e lutas diárias, de uma sociedade que cobra e por várias vezes, cita no refrão que não existe progresso sem acesso.

Em entrevista ao MidiaMAIS, a compositora que regravou a música com a clássica banda do litoral paulista Planta & Raíz, sente-se fortalecida em ver que a sua música, de alguma forma, tocou as pessoas.

“Acredito que de alguma maneira, a música tocou as pessoas e o que eu acho mais bacana é poder levar o sentimento de esperança as pessoas, como digo na música, ‘a quebrada também produz’ e isso é fundamental, somos parte da periferia que faz”, ressalta.

Em sua página no Facebook, que tem mais de 40 mil curtidas, a postagem de comemoração dos 1 milhão de acessos na música da cantora foi a seguinte: “Pô família..vocês não imaginam a importância que têm pra minha vida todo esse vento que levou a canção até vocês. O apoio e compartilhamentos. Deus abençoe cada um que nos recebe nos ouvidos e no coração. Sentimento e vida compartilhada”.

Aos 22 anos, Marina, que é virginiana, faz parte da nova geração da música campo-grandense e acredita que parte de seu reconhecimento, se deve à internet. “Na verdade, tudo comigo aconteceu através da internet…esse vídeo foi especial muito nesse sentido, porque minha musica chegou a lugares onde eu, em presença, não chegaria e é por isso que devo agradecer sempre”.

Sobre o primeiro álbum, Marina ainda espera a liberação da verba do projeto que foi contemplado ao Fundo Municipal de Investimentos Culturais – Fmic, da Fundação Municipal de Cultura. Enquanto a cultura da cidade ainda vive em luto, ela pensa em lançar uma campanha de financiamento coletivo para a gravação do esperado CD.

Próximo show

Enquanto o CD não sai, dá para deleitar-se um pouco da voz e da música de Marina em shows. No domingo (24), a partir das 19 horas, ela e sua gig (time/banda de apoio) fazem parte da programação do ‘Show das Minas’ na 3ª edição do Expressão de Rua. O show acontece na Concha Acústica Helena Meirelles, no Parque das Nações Indígenas. A entrada é gratuita.

Assista ao vídeo clicando aqui.

Jornal Midiamax