Puccinelli esquiva-se sobre denúncias sobre suposto ‘teatro’ em CPI de Petrobras

O governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), evitou polemizar em relação às denúncias de que o candidato do PT à sucessão estadual, senador Delcídio do Amaral, teria participado de suposto esquema para fraudar depoimentos à CPI da Petrobras. “Não teço considerações em termos pessoais”, resumiu-se Puccinelli quando perguntado sobre o assunto na […]
| 05/08/2014
- 21:06
Puccinelli esquiva-se sobre denúncias sobre suposto ‘teatro’ em CPI de Petrobras

O governador de Mato Grosso do Sul, (PMDB), evitou polemizar em relação às denúncias de que o candidato do PT à sucessão estadual, senador Delcídio do Amaral, teria participado de suposto esquema para fraudar depoimentos à CPI da Petrobras.

“Não teço considerações em termos pessoais”, resumiu-se Puccinelli quando perguntado sobre o assunto na manhã desta terça-feira (5). “Tão somente isso eu digo: que os órgãos competentes esclareçam”, emendou.

Delcídio é citado como a ponte entre diretores da Petrobras e interlocutores do governo federal. O objetivo do contato seria dar conhecimento prévio a membros do alto escalão da empresa sobre as perguntas que seriam feitas na CPI, de modo a ‘treinar’ as respostas e evitar contradições.

O candidato petista nega qualquer participação em ações deste tipo, enquanto o governador mostra cautela. “Toda e qualquer denúncia, em qualquer tempo de minha vida, como parlamentar, prefeito ou governador, para qualquer agente público deve ser esclarecido”, finalizou Puccinelli.

Veja também

Últimas notícias