MidiaMAIS

Espaço da Poesia homenageia Shakespeare e promove dança, literatura e música

Na próxima sexta-feira (29 de agosto), às 19h, a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, realiza mais uma edição do Espaço da Poesia. Com várias intervenções artísticas e culturais, o Espaço terá declamações, lançamento de livros, CD, dança e homenagem a Shakespeare. O evento acontece no Terraço do Memorial da Cultura e Cidadania. […]

Arquivo Publicado em 26/08/2014, às 15h44

None
125548048.jpg

Na próxima sexta-feira (29 de agosto), às 19h, a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, realiza mais uma edição do Espaço da Poesia. Com várias intervenções artísticas e culturais, o Espaço terá declamações, lançamento de livros, CD, dança e homenagem a Shakespeare. O evento acontece no Terraço do Memorial da Cultura e Cidadania. A entrada é de graça.

Para abrir o evento, o Coral da Fundação de Cultura irá interpretar clássicos da música nacional e sul-mato-grossense. Com o objetivo de incentivar servidores e membros da comunidade à prática do canto coral, também representa um meio de socialização. Conta com 35 coralistas entre servidores da FCMS e comunidade em geral. O maestro Orion Cruz rege o Coral e na coordenação a servidora Isolina Saraiva Nantes.

Lenilde Ramos, musicista e compositora, irá apresentar seu primeiro livro “História sem nome – Lembranças de uma menina quase gêmea”. A obra parte da história dos pais da autora, passando por sua infância rica e agitada, marcada pela vida no internato das freiras, a convivência com a estrada de ferro, a música, o velho cinema que ficava do lado de sua casa e uma série de coincidências que a autora vai costurando em um texto pleno de conteúdo e descrito em linguagem coloquial, cheia de humor.

Durante o evento Lucas Maciel irá lançar o livro “Maior que a vida”. A obra é composta por 24 crônicas que carregam situações comuns observadas do ponto de vista de um questionador. Tendo como grande tema a vida, trata de assuntos como o amor, a questão existencial e a iminência do real. São frutos da observação subjetiva da vida do autor, do seu âmago. Lucas Maciel é professor de línguas e literatura da rede municipal de ensino de Campo Grande, mestrando em Letras pela UEMS, contador de histórias e escritor.

Para dar um toque especial ao Espaço da Poesia, o grupo Nidal Abdul irá apresentar uma dança árabe. E homenageando a Capital pelos seus 115 anos haverá a declamação de poesia – Hino à Campo Grande, interpretado por Gisela Martinez.

Já o cantor e compositor Nuno Baes irá lançar seu CD no Espaço da Poesia. O músico nasceu em São Paulo, mas é sul-mato-grossense de coração, cantor e compositor há mais de 20 anos, é autor de várias obras musicais (letra e música), das quais muitas constam no repertório de apresentações. Com repertório variado, tem sua influência musical no sertanejo raiz, regional, jazz, blues, flashback internacional, MPB, bossa nova, músicas hispânicas e italianas.

E para finalizar o Espaço da Poesia, o grande poeta e dramaturgo William Shakespeare (1564 – 1616) será homenageado. “Afetos, palavras e sonoridades shakespearianos” será uma intervenção artística dos músicos Marcelo Fernandes e Willian Dickson que irá lembrar aspectos importantes da vida e obra Shakespeariana. Temas e questionamentos da existência humana sempre fizeram parte do trabalho desse grande autor como o drama da finitude, do amor não correspondido, das desigualdades entre os seres, das mazelas humanas, da existência do divino.

Peças ficaram imortalizadas como Romeu e Julieta, ou Hamlet e foram encenadas em diversas línguas, países, veículos de comunicação e épocas do que quaisquer outras obras que tenhamos notícia. A influência do escritor pode ser notada nos mais diversos ambientes culturais – dos especializados círculos de discussão literária às populares telenovelas brasileiras. Portanto como singela homenagem à comemoração dos quatrocentos e cinquenta anos de nascimento do escritor, uma apresentação poética e musical durante o evento.

O Espaço da Poesia acontece nesta sexta-feira (26), a partir das 19 horas. A entrada é franca. O Memorial da Cultura fica na avenida Fernando Correa da Costa, 559, no Centro.

Jornal Midiamax