MidiaMAIS

Segunda edição da Bienal de Teatro em MS traz mais de 30 atrações locais e nacionais

Espetáculos nacionais e locais. Apresentações audiovisuais, workshops, conferências, shows musicais. Mato Grosso do Sul recebe mais de 30 atrações na segunda edição da Bienal de Teatro em MS, que será realizada entre os dias 10 e 16 de setembro. A arte e a cultura vão tomar conta das nossas ruas, teatros e espaços públicos. A […]

Arquivo Publicado em 29/08/2012, às 20h35

None

Espetáculos nacionais e locais. Apresentações audiovisuais, workshops, conferências, shows musicais. Mato Grosso do Sul recebe mais de 30 atrações na segunda edição da Bienal de Teatro em MS, que será realizada entre os dias 10 e 16 de setembro. A arte e a cultura vão tomar conta das nossas ruas, teatros e espaços públicos. A vinda de artistas renomados de todos os cantos do país promete consolidar o evento no calendário e no cenário artístico sul-mato-grossense.

Em sua primeira edição, a Bienal incluiu e desenvolveu as potencialidades dos espetáculos, com os holofotes voltados aos grupos do interior de Mato Grosso do Sul. A segunda edição vai além. O objetivo é aproximar o que é produzido e discutido nos centros culturais do Brasil, alinhando o pensamento da classe artística de Mato Grosso do Sul com o que é moderno e contemporâneo.

Quem ganha com essa mudança é o público. A programação ficou extensa, com apresentações nacionais e locais, intervenções, processos artísticos, e outras linguagens, ocupando salas, ruas, espaços alternativos e interagindo com o cotidiano de Campo Grande.

“Arte contemporânea, redes sociais, hibridismo e colaborativismo”, este é o caminho traçado em 2012. A segunda Bienal traz uma reflexão sobre a cena atual, estabelece conexões com assuntos, projetos e discussões tecnológicas. O evento trabalha o momento, ampliando a visão de como a internet, as redes sociais e o trabalho coletivo transformam a síntese de pensamento dos trabalhadores cênicos, que também dialogam com outras linguagens para resultar na “Cena Agora”.

Programação e lançamento

O lançamento da segunda edição da Bienal de Teatro de MS será neste domingo (2), às 16h30, na Orla Morena. Na ocasião, o grupo La Mínima apresentará o espetáculo Rádio Variété, para adiantar aos presentes o que a Bienal pretende representar à população campo-grandense e ao estado de Mato Grosso do Sul. O público também terá a oportunidade de conhecer a programação da Bienal, que será divulgada pela primeira vez no evento.

Primeiro espetáculo apresentado pela Bienal, Rádio Variété foi escolhido pela qualidade do trabalho em si e pelo talento dos artistas que dele fazem parte. O elenco conta com os atores Fernando Sampaio, Filipe Bregantim e o ator Domingos Montagner recentemente conhecido nas telinhas pela minissérie global “O Brado Retumbante” onde interpretou na ficção o presidente do Brasil.

Rádio Variété

Rádio Variété é uma homenagem ao palhaço brasileiro e ao rádio, meio de comunicação popular por excelência, que persiste na sua importância. No espetáculo, artistas e público farão parte de um programa sobre simples memórias, desejos e emoções, que constroem a grande e complexa relação humana dos cidadãos comuns.

Espetáculo de rua, concebido e encenado pela Cia La Mínima, Rádio Variété mostra a presença marcante do rádio no cotidiano urbano, alcançando diversas camadas sociais e econômicas. Apesar da grande evolução dos meios de comunicação, o rádio ainda se mantém como importante veículo de entretenimento e informação. Como forma narrativa, oferece um excelente suporte dramatúrgico para o tema a ser desenvolvido e como veículo popular de comunicação, pode apresentar inúmeras formas de expressão, um autêntico “espetáculo de variedades”. Mais informações: bienaldeteatro.com.br

Jornal Midiamax