MidiaMAIS

Exposição Literária da Biblioteca Isaías Paim homenageia o teatro

A Fundação de Cultura do governo de Mato Grosso do Sul abre na próxima segunda-feira (3), a partir das 8h30, na Biblioteca Pública Estadual Dr. Isaías Paim, a Exposição Literária “Homenagem ao Teatro”. Com o centenário do nascimento de Nelson Rodrigues e a comemoração do Dia do Teatro (19 de setembro), a Biblioteca Pública Estadual […]

Arquivo Publicado em 01/09/2012, às 14h31

None
794195056.bmp

A Fundação de Cultura do governo de Mato Grosso do Sul abre na próxima segunda-feira (3), a partir das 8h30, na Biblioteca Pública Estadual Dr. Isaías Paim, a Exposição Literária “Homenagem ao Teatro”.


Com o centenário do nascimento de Nelson Rodrigues e a comemoração do Dia do Teatro (19 de setembro), a Biblioteca Pública Estadual Dr. Isaías Paim realiza uma exposição com obras referentes à arte teatral, que inclui peças de autores consagrados em nível nacional e internacional, biografias de grandes atores, entrevistas, entre outros.


Estarão na mostra obras que vão da origem do teatro no Brasil, com o padre José de Anchieta e os missionários jesuítas no século XVI, passando pela comédia de costumes com Martins Pena, o político-social de Coelho Neto, a visão iluminista de Araújo Porto-Alegre, o feminino no universo de Corpo-Santo, o olhar irônico e satírico de Nélson Rodrigues, o livre-pensar de Millor Fernandes, o popular e o erudito em Ariano Suassuna, os marginalizados pela sociedade por Plínio Marcos, a denúncia ao regime militar com Chico Buarque, o oprimido de Augusto Boal, o humanismo de Dias Gomes, o engajamento político do Teatro de Arena com Gianfrancesco Guarnieri, o negro representado por Antônio Callado, chegando ao teatro dito “besteirol” de Miguel Falabella.


A magia do teatro também é retratada através de seus grandes dramaturgos, desde os gregos com Sófocles, o romano Sêneca, os espanhóis Lope de Vega e Tirso de Molina, os portugueses Gil Vicente e António José, o judeu, o italiano Carlo Goldoni, o grande teatro britânico de Willian Shakespeare e Oscar Wilde até Harold Pinter, os franceses Moliére, Edmond Rostand ao vanguardista Alfred Jarry, o teatro nórdico de August Strindberg e Henrik Ibsen, os alemães Gotthold Lessing e Peter Weiss, além do fundador do moderno teatro russo e criador do método de interpretação que leva o seu nome: Stanislavski.


A luz do teatro é ressaltada por seus grandes protagonistas, atores do porte de Procópio Ferreira e Bibi Ferreira, duas gerações unidas pela arte teatral, os primórdios com Henriette Morineau e Dercy Gonçalves, de Sérgio Britto a Jardel Filho, Eva Todor, Cláudio Correa e Castro, Ruth de Souza, Maria Della Costa e Armando Bógus entre outros intérpretes dessa nobre arte que teve em Paulo Autran sua melhor definição ao dizer em uma entrevista para Antônio Abujamra que “o teatro é a arte do ator”.


Não podemos nos esquecer da importância no trabalho de pesquisa do fazer teatral do crítico Sábato Magaldi, das grandes salas como o Teatro Amazonas, a criatividade do teatro de animação e de bonecos no Brasil como o grupo Giramundo.


Em âmbito estadual temos os grandes atores em nível nacional como Rubens Corrêa. Aracy Balabanian e Glauce Rocha, lembrados e homenageados com salas de teatro em Campo Grande, do poeta-ator Emmanuel Marinho e das atrizes Conceição Leite, Blanche Torres, Bianca Machado e Andréa Freire; da dramaturgia de Cristina Mato Grosso e Anderson Bernardes, premiados pela Funarte aos diretores Roberto Figueiredo e Espedito Montebranco, Fernando Cruz, Vitor Samúndio e Nill Amaral, o teatro infantil de Ramona Rodrigues, Lais Dória, Jair de Oliveira e Paulo Preché, do teatro de animação com Marcos Moura ao teatro de risco de Leandro Melo, Lú Bigatão e Roma Rolán e do registro fotográfico sobre o teatro de Mato Grosso do Sul por Jefferson Ravedutti.


O projeto Exposição Literária traz a cada mês um tema que esteja relacionado com livros que integram o acervo da Biblioteca Pública Estadual Dr. Isaías Paim. Tem como finalidade expor obras com temas comemorativos, com objetivo de aproximar dos usuários livros que fazem parte do acervo bibliográfico.


Serviço: As visitas à exposição são abertas ao público. A Biblioteca Pública Estadual Dr. Isaías Paim fica no segundo andar do Memorial da Cultura, na Avenida Fernando Corrêa da Costa, 559, e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h30 horas. Mais informações nos telefones: 3316-9161 e (67) 3316-9175.

Jornal Midiamax