MidiaMAIS

Festival de Teatro começa nesta sexta-feira em Campo Grande

Começa nesta sexta-feira (2), o 30º Festival Sul-Mato-Grossense de Teatro, com espetáculos a R$ 3 no Teatro Aracy Balabanian e entrada gratuita na Praça dos Imigrantes. O Festival reunirá até o dia 7 de dezembro diversos grupos teatrais, e ao todo serão 13 apresentações, com premiação para as categorias infantil, adulto e teatro de rua. […]

Arquivo Publicado em 01/12/2011, às 20h12

None

Começa nesta sexta-feira (2), o 30º Festival Sul-Mato-Grossense de Teatro, com espetáculos a R$ 3 no Teatro Aracy Balabanian e entrada gratuita na Praça dos Imigrantes.


O Festival reunirá até o dia 7 de dezembro diversos grupos teatrais, e ao todo serão 13 apresentações, com premiação para as categorias infantil, adulto e teatro de rua. Logo após cada espetáculo haverá debate com os jurados, atores, técnicos e participantes do evento.


Em 2011, a FESMAT presta homenagem ao Grupo Teatral Senta Que o Leão é Manso, da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), pela sua trajetória de sucesso e principalmente pela sua participação ativa e fundamental na história da Federação Sul-Mato-Grossense de Teatro.


O Festival de Teatro de MS é promovido pela Federação Sul-Mato-Grossense de Teatro (FESMAT), em parceria com o Governo do Estado, através da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), e da Prefeitura Municipal de Campo Grande, por meio da Fundação Municipal de Cultura (FUNDAC).


Confira a programação:


Sexta-feira (2)


Espetáculo Infantil: A Varinha Mágica
Grupo: Libertart/ Três Lagoas
Local: Teatro Aracy Balabanian
Horário: 15h
Sinopse: A alegria da criança é ver as atrapalhadas, cambalhotas e as brincadeiras dos palhaços, se encantam com os truques do mágico. Mas o que mais fascina uma criança, uma história bem contada com as fadas, com começo, meio e fim. Varinha Mágica conta uma dessas historias com fada, a mágica e três palhaços atrapalhados que com suas trapalhadas colaboram para que a mágica encontre a sua varinha mágica. Traga seus filhos para se divertirem com os palhaços, a fada e a mágica.


Cerimônia de Abertura
Local:
Teatro Aracy Balabanian
Horáro: 20h



Espetáculo Adulto: Espelho Partido
Grupo: Libertart/ Três Lagoas
Local: Teatro Aracy Balabanian
Horário: 21h
Sinopse: Quando se tem amor às pessoas perdem o controle de tudo e às vezes fazem coisas absurdas, uns chegam a matar até pessoas da própria família para provar esse amor doentio, amor que maltrataas pessoas. Dizem que só se vê em filmes, por exemplo, Romeu e Julieta em uma trama absurda morreram por tentar provar o amor que existia entre os dois. E com Marina ela a todo custo faz loucuras para provar seu amor por um homem ambicioso usurpador que só visa dinheiro mesmo que para isso tenha que passar por cima até da própria mãe. Espelho Partido também é uma lição para muitos. Que acredita no amor de outra pessoa.


Sábado (3)


Espetáculo Infantil: A Roupa Nova do Imperador
Grupo: Teatral Unicórnio/Campo Grande
Local: Teatro Aracy Balabanian
Horário: 15h
Sinopse: A história acontece há muitos e muitos anos atrás, onde havia um Imperador tão apaixonado pelas roupas novas, que gastava com elas todo o dinheiro que possuía. Pouco se incomodava com seus soldados, com o teatro ou com os passeios pelos bosques, contanto que pudesse vestir seus trajes.
Tinha um traje para cada hora do dia, ao invés de se dizer dele o que se diz de qualquer Imperador: Está na Câmara do Conselho, diziam sempre a mesma coisa: O Imperador está vestindo ou desfilando?



Espetáculo Adulto: Os Corcundas
Grupo: Circo do Mato/ Campo Grande
Local: Teatro Aracy Balabanian
Horário: 21h
Sinopse: Uma pantomima que conta a saga de dois corcundas errantes: ele, o corcunda, simpático, feio e puro! Como um cão, tenta ser amigo, mas, tem medo dos homens! Ela, a corcunda, é feia e brincalhona. Esperta como um macaco, não percebe a opinião ou lógica das pessoas. Depois de caminharem pelo mundo, sem nada para vender ou comprar, são arrebatados por um amor sincero, avassalador, verdadeiro, engraçado e puro. Um espetáculo que diverte e emociona!


Domingo (4)


15h
Espetáculo Infantil: O Rei que não sabia rir
Grupo Identidade Teatral/Campo Grande
Teatro Aracy Balabanian
Sinopse: Um Rei rabugento propõe a troca de função com o Bobo da Corte sem o conhecimento do Guarda – Real, instalando a partir de então uma série de confusões e equívocos, garantindo o que nos atrevemos a denominar “Comédia Para Infância”. Com apenas dois atores em cena e lançando mão do ator coringa, o espetáculo brinca e abusa do faz de conta.


18h
Espetáculo de Rua: Mix
Circo Escola do Pantanal
Praça dos Imigrantes


21h
Espetáculo Adulto: Apareceu a Margarida
Teatral Grupo de Risco
Teatro Aracy Balabanian
Sinopse: A sua complexidade e contradições. Uma professora que começa muito docemente a dar um aula de biologia e no decorrer do percurso altera seu comportamento abruptamente, indo da doçura maternal, sedução e lascívia ao ápice da crueldade e violência, psicológica.Com um comportamento ditatorial e opressor acaba por se estabelecer como o poder supremo e inquestionável diante dos alunos, exaltando a característica manipulável do ser humano. Suas atitudes são tão absurdas que ate lhe fará rir em algumas situações, mas muito cuidado, não se deixe enganar pelo nervosismo!


Segunda-feira (5)
18h
Espetáculo de Rua: Tekoha – Ritual de vida e morte de Deus pequeno
Teatro Imaginário Maracangalha/Campo Grande
Praça dos Imigrantes
Sinopse: narra a trajetória do líder indígena guarani Marçal de Souza e sua resistência histórica na luta pela terra e direitos dos povos indígenas.  A palavra que dá nome ao espetáculo, TEKOHA, tem um significado muito peculiar para o povo Guarani. “Teko” significa modo de estar, sistema, lei, hábito, costume. Tekoha, assim, refere-se à terra tradicional, ao espaço do pertencimento da cultura guarani. É no Tekoha que os guarani vivem o seu modo de ser. O Teatro Imaginário Maracangalha faz da rua a representação deste espaço tão sagrado aos Guaranis.



19h30
Espetáculo de Rua: El Magnifico Duelo 
Desnudos del Nombre
Praça dos Imigrantes
Sinopse: Ao chegar à cidade um falido apresentador de circo se depara com duas garis, responsáveis pela limpeza da cidade – as duas estão sempre em atrito, mas para Atuxadinho as palhaças podem ser a grande salvação do seu circo. O espetáculo trás no universo clownesco uma grande busca do próprio ridículo, transformando as debilidades pessoais em força teatral.


Terça-feira (6)
15h
Espetáculo Infantil: O Mágico de Oz
Grupo Prisma/Campo Grande
Teatro Aracy Balabanian
Sinopse: O Mágico de Oz conta a história de Dorothy Gailey, que vive na fazenda dos seus tios Henry e Emily. Durante um tempestade, a casa da fazenda onde ela mora foi arrancada do chão por um ciclone e é atirada em lugar que ela nunca viu. Tentando achar o caminho de casa, ela conhece um espantalho que quer ter um cérebro e, como visitará um mago, pode ser que ele arrume um cérebro para o espantalho. Assim resolvem viajar juntos. Mais adiante  encontram um homem de lata, que anseia por um coração, então os três passam a viajar juntos. Logo depois se deparam com um Leão covarde, que quer ter coragem, então o quarteto fica mais do que determinado em achar o Mágico de Oz.


18h
Espetáculo de Rua: Conto da Cantuária
Teatro Imaginário Maracangalha/Campo Grande
Praça dos Imigrantes
Sinopse: O espetáculo enfatiza as características estéticas do teatro medieval, abordando duas categorias básicas: o religioso e o profano, privilegiando a mistura de tons e estilos, fundindo os contrários: elevado e popular, sublime e humilde, passado e presente.


21h
Espetáculo Adulto: Pobre Diabo Louco e seu discurso para moscas
Grupo Teatral Palco/Campo Grande
Teatro Aracy Balabanian
Sinopse: É um monólogo que narra os problemas enfrentados no Estado de Mato Grosso do Sul e no  Brasil. Conta a história de Praculá Makob, um indigente que anda perdido pelo Brasil com o sonho de chegar ao Distrito Federal e falar poucas e boas ao Presidente da República, assim, caminha de cidade em cidade e em cada uma delas que chega pergunta: Pra que lado fica o Distrito Federal ? E as pessoas respondem: Praculá.


Quarta-feira (7)


15h
Espetáculo Adulto:
Uma Arte de Quinta
Grupo: Cia. Teatral Adote/Campo Grande
Teatro Aracy Balabanian
Sinopse: São em torno de 18 esquetes (pequenas sequencias cômicas, normalmente apresentadas juntas com outros esquetes, sem necessariamente terem ligações entre si) por apresentação. Uma arte de quinta é um show de humor com uma proposta de interpretação ao estilo “Standy-up comedy”, que consiste em um ou mais humoristas em frente ao público, relatando situações cotidianas com  a intenção de fazer rir. Abordam assuntos como problemas políticos, sociais, relacionamento humano, sexo e acontecimentos do dia-a-dia.


20h
Cerimônia de Premiação
Teatro Aracy Balabanian

Jornal Midiamax