Geral

Saúde confirma primeira morte por dengue no ano em Mato Grosso do Sul

Menina de 12 anos morreu no dia 21 de janeiro em Corumbá

Midiamax Publicado em 11/02/2015, às 17h12

None
dengue.jpg

Menina de 12 anos morreu no dia 21 de janeiro em Corumbá

A SES (Secretaria Estadual de Saúde) confirmou nesta quarta-feira (11) a primeira morte por dengue no Estado em 2015. A vítima, uma menina de 12 anos, morreu no dia 21 de janeiro, em Corumbá, a 420 quilômetros da Capital. A paciente havia dado entrada com suspeita de meningite, motivo dado até então pela morte da adolescente. Entretanto, resultado de exame de sangue nesta semana comprovou que a morte foi causada pela dengue. Mato Grosso do Sul registrou quatro óbitos causados pela doença em 2014.

Casos crescem na Capital

A média de casos de dengue voltou a crescer na Capital. Nesta semana (do dia 4 até o dia 11), foram registradas 156 notificações no município, atingindo média de 22 casos por dia. Os números foram divulgados pela SES em boletim epidemiológico.

Agora já são 423 notificações em Campo Grande no ano de 2015. Em todo o Estado são 2.370 casos. Na semana foram registrados 728 casos por todo Mato Grosso do Sul, média de 104 por dia.

Atualmente seis municípios sul-mato-grossenses estão com alto risco de epidemia da doença: Selvíria, Iguatemi, Itaquiraí, São Gabriel do Oeste, Sete Quedas e Brasilândia. Outros seis estão em estado de alerta: Paranhos, Sonora, Chapadão do Sul, Três Lagoas, Naviraí e Laguna Carapã.

Apesar da alta média registrada, a Capital não figura nas listas acima, por conta de sua população ser a maior do estado, o que diminui a taxa de incidência, medidora do risco de epidemia da doença.

Jornal Midiamax