Geral

Presidente da OAB/MS cita que nova biblioteca na sede da seccional é um marco

Vice-presidente do Conselho Federal da OAB prestigiou o lançamento em Campo Grande

Midiamax Publicado em 24/04/2015, às 23h50

None
img_20150424_195450.jpg

Vice-presidente do Conselho Federal da OAB prestigiou o lançamento em Campo Grande

Um novo espaço que trará aos advogados do Estado um acervo com mais de 3 mil livros foi celebrado na noite da sexta-feira (24), na sede em Campo Grande da  Seccional de Mato Grosso do Sul da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MS) O evento teve a presença da diretoria regional da entidade, membros de comissões e o comparecimento ilustre do vice-presidente da do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (CFOAB), Claudio Lamachia. 

“A estrutura que será proporcionada na biblioteca da ESA/MS (Escola Superior de Advocacia) é um marco histórico para a entidade, que a cada avanço prova o fato da Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso do Sul não pertencer a nenhum grupo, e sim aos advogados, sendo dos 12 mil que constroem o valor da entidade. Estamos no caminho certo e tive essa resposta em uma pesquisa sobre a instituição com 1200 profissionais, de 15 cidades do Estado. No levantamento, 70% disseram aprovar a imagem da OAB-MS e 65% afirmaram estar de acordo com a gestão realizada na seccional”, citou o presidente da OAB-MS, Júlio Cesar Souza Rodrigues, na cerimônia aberta pelo Diretor Geral da ESA/MS, Sandro Rogério de Oliveira.

Um terço das obras disponíveis aos vinculados da seccional, com a nova biblioteca da ESA/MS, foi viabilizado por meio de uma parceria da entidade com a Editora Saraiva. A biblioteca de 135 metros quadrados terá para consulta acervos físico e virtual, com obras de todas as áreas do Direito. No espaço haverá ainda a disponibilidade de computadores aos usuários que quiserem pesquisar sobre os títulos on-line credenciados. 

“O lançamento dessa biblioteca em Campo Grande tem um simbolismo muito grande porque preserva a essência do Direito que é a do estudo e da leitura. Um empreendimento desse valoriza a cultura do encontro e não a do desencontro, porque incentiva a pesquisa e a proximidade com obras históricas. É pra mim um espaço que também preserva a história da seccional de Mato Grosso do Sul e por isso o Estado está de parabéns”, elogiou o vice-presidente vice-presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (CFOAB), Claudio Lamachia, que apontou ainda 2015 como um ano capaz de dar aos juristas uma conquista significativa com a possibilidade de aprovação do Novo Código de Processo Civil. 

“É uma mudança que terá o DNA da OAB, não apenas com o selo institucional mas pela valorização maior da atividade profissional do advogado. A advocacia tem a sua relação muito estreita com a promoção da cidadania e isso estará mais amplamente garantido no Novo Código do Processo Civil que está perto da aprovação. 

Jornal Midiamax