Geral

Prefeitura estende para 15 anos concessão de serviços funerários da Capital

A decisão foi publicada nesta quarta

Diego Alves Publicado em 16/07/2015, às 00h58

None
cemiterio.jpg

A decisão foi publicada nesta quarta

O prefeito Gilmal Olarte revogou e alterou dispositivos da Lei nº 3.909, de 2001, que dispõe sobre serviços funerários e de cemitérios, públicos e particulares de Campo Grande. Com isso foi sancionado a alterado o artigo 14 da Lei n. 3.909, que estende a concessão às empresas de serviços fúnebres de Campo Grande

De acordo com a decisão, publicada no Diogrande desta quarta-feira (15), compete à administração do cemitério o registro em livros ou por meios eletrônicos das pessoas sepultadas ou exumadas e sua respectiva data, com a identificação, profissão, estado civil, e causa da morte e localização da sepultura ou destino.

Já outro ponto altera o artigo 33 da Lei n. 3.909, que passa de cinco a 15 anos, o prazo de concessão as prestadoras de serviços funerários e de cemitérios da Capital.

Jornal Midiamax