Geral

PMA e SAS iniciam atividades do Projeto Florestinha na Capital

O projeto em Campo Grande funciona no Parque Cônsul Assaf Trad

Diego Alves Publicado em 18/02/2015, às 23h39

None

O projeto em Campo Grande funciona no Parque Cônsul Assaf Trad

Amanhã, às 14h00, a PMA e a Secretaria Municipal de Políticas de Assistência Social e Cidadania (SAS) iniciam as atividades do Projeto Florestinha de Campo Grande em 2015. Durante as férias o projeto fica desativado e retoma todas as atividades, logo no início do período letivo. São 60 alunos no Projeto de Campo Grande, porém, a PMA o desenvolve em vários outros municípios e atinge a quantidade de 400 crianças e adolescentes.

Os alunos novos serão apresentados aos antigos, bem como receberão instruções sobre o funcionamento do Projeto, que como a Polícia Militar, baseia-se na hierarquia e disciplina. O projeto em Campo Grande funciona no Parque Cônsul Assaf Trad, à Avenida de mesmo nome, próximo ao condômino Alphaville, sentido Shopping Bosques do Ipês.

Atualmente, além de atendidos socioambientalmente e aprenderem sobre cidadania, as crianças realizam trabalhos de Educação Ambiental, para alunos de escolas públicas e privadas da Capital e interior, por meio de teatro de fantoches, oficinas de fauna, reciclagem de papel e plantio de mudas nativas, com discussões sobre esses temas, bem como o desmatamento e várias outras questões ambientais. Em 15 dias, estas atividades serão retomadas.

A Educação Ambiental é desenvolvida em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (SEMADUR), da Capital. No ano passado, as crianças e adolescentes do Projeto Florestinha atenderam 7.870 alunos de 47 escolas públicas e privadas da Capital e Interior. Em 2013 foram atendidos 11.917 alunos.

PRÉDIO NOVO E AMPLIAÇÃO DO PRÉDIO ATUAL.

A PMA e a SAS estudam a ampliação dos atendimentos em mais 60 alunos, logo que o governo do Estado inaugure o prédio novo, construído exclusivamente para o Projeto Florestinha, com previsão de inauguração para abril deste ano. O prédio está sendo construído pelo Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), com espaço amplo e quadra de esportes, no Parque Estadual Mata do Segredo, onde as atividades do Projeto iniciaram-se em 1992, no Jardim Presidente. O prédio será entregue com toda a mobília adequada aos atendimentos das crianças e adolescentes.

No Parque Cônsul Assaf Trad, onde o Projeto Florestinha atende também como um Centro de Educação Ambiental (CEA/FLORESTINHA), em parceria com a SEMADUR, essa Secretaria está ampliando as instalações, com a construção de refeitório, sala de alua ampla, garagem, vestiário e pátio calçado. Com as obras prontas, poderão ser atendidos mais 60 florestinhas, no período matutino. ESTE ANO O PROJETO COMPLETARÁ 23 ANOS DE CRIAÇÃO NO MÊS DE NOVEMBRO.

Jornal Midiamax