Geral

Placar da vida já registra 8 mortes no trânsito da Capital em neste ano

Dados foram contabilizados pelo GGIT até o dia 10 de janeiro deste ano

Wendy Tonhati Publicado em 13/02/2015, às 20h15

None

Dados foram contabilizados pelo GGIT até o dia 10 de janeiro deste ano

O Placar da Vida, que marca o número de mortes no trânsito, já contabilizou oito mortes neste ano, em Campo Grande. Segundo dados do GGIT (Gabinete de Gestão Integrada de Trânsito), foram seis mortes em janeiro, sendo quatro motociclistas, um pedestre e um condutor de veículo. Em fevereiro, já foram registradas duas mortes de motociclistas.

Os dados consideram as vítimas que vieram morreram no local do acidente e as que vieram a óbito num período de até 30 dias em decorrência do acidente. O Placar da Vida foi inaugurado em 2011. Neste ano foram registrados nove acidentes com mortes durante os meses de janeiro e fevereiro. Durante todo o ano foram registradas 132 mortes.

No ano seguinte, foram 15 acidentes com morte nos dois primeiros meses e 126 durante todo o ano. Já em 2013, o total de mortes foi 116. Em janeiro e fevereiro, foram 10 e 8 mortes, respectivamente. Em 2014, total de mortes durante o ano foi 97. Nos dois primeiros meses, foram registradas 17 mortes, seis em janeiro e 11 em fevereiro. 

Jornal Midiamax