Geral

OAB-MS diz que desfiliação de Robson Martins depende do que vir da Delegacia

Processo disciplinar da seccional sobre Robson Martins já foi aberto 

Midiamax Publicado em 25/04/2015, às 00h20

None
download.jpg

Processo disciplinar da seccional sobre Robson Martins já foi aberto 

Na chegada para o evento de inauguração da nova biblioteca da Escola Superior de Advocacia (ESA), o presidente da Seccional de Mato Grosso do Sul da Ordem dos Advogados do Brasil, Júlio César de Souza Rodrigues, ao ser perguntado sobre as providências da entidade a respeito das acusações sobre o advogado e ex-vereador por Campo Grande, Robson Martins, por envolvimento em um suposto esquema de prostituição, com indícios de exploração sexual de menores, o dirigente máximo da instituição preferiu não opinar. No entanto, afirmou que já foi aberto um processo disciplinar sobre o afiliado, para que sejam investigadas as denúncias, procedimento que permitiu a OAB-MS requerer ao delegado responsável pelo inquérito informações por meio de um ofício. 

“Estamos acompanhando toda a situação e com acesso contínuo ao avanço do que está sendo apurado pela Polícia. Pedimos isso em documento após abertura do processo disciplinar. Não há um prazo para a conclusão do procedimento realizado na OAB-MS que pode inclusive ser rápido dependendo das informações que recebermos”, afirmou Júlio César Souza Rodrigues.

O processo disciplinar de Robson Leiria Martins, sobre as acusações que pairam sobre ele em mais um escândalo sexual, foi aberto em 20 de abril, quatro dias após ele ter sido preso preventivamente para as investigações do caso que ainda vincula nomes como o do vereador Alceu Bueno (PSL) e do ex-deputado estadual, Sérgio Assis (PPS). 

Em 2003, Robson já foi associado ao mesmo tipo de acusação, o que culminou no seu afastamento da Câmara Municipal, com a renúncia do seu mandato de vereador. Ele chegou a ser preso e posteriormente ficou em liberdade voltando depois a concorrer para cargos públicos, porém sem o mesmo sucesso eleitoral.

Jornal Midiamax