Geral

Fogo destrói área de empresa desativada no anel rodoviário da Capital

Incêndio destruiu uma guarita do imóvel, onde havia formulários antigos

Midiamax Publicado em 12/01/2015, às 13h27

None
img-20150112-wa0042.jpg

Incêndio destruiu uma guarita do imóvel, onde havia formulários antigos

Incêndio atingiu uma usina de minério desativada na manhã desta segunda-feira (12), na BR-262, no rodoanel entre as saídas de Aquidauana e Sidrolândia, em Campo Grande. O fogo começou por volta das 9h30 e destruiu uma guarita do local, usada para a prática de paintball.

Segundo o vigia da empresa, Wilker Carlos Arruda Albino, de 28 anos, ao chegar ao imóvel ele viu o portão aberto e o bebedouro caído no chão. Ao entrar, viu os vidros da janela quebrados, aparentemente arrombados, e a porta em chamas.

Albino tentou apagar o fogo, mas não encontrou extintor. Com medo de as chamas atingirem a fiação elétrica, desligou o chave geral e chamou o Corpo de Bombeiros, que conteve o fogo.

O incêndio destruiu apenas alguns formulários que tinham no local, um ar-condicionado e atingiu uma sala da parte superior. O proprietário da usina foi avisado do incêndio e não houve feridos. Segundo consta, as instalações abandonadas são usadas para a prática de paintball.

De acordo com o sargento do Corpo de Bombeiros Francisco Pereira da Silva, ainda não se sabe as causas do incêndio, que pode ter sido ocasionado por curto-circuito ou criminoso.

O supervisor da empresa de segurança, Osvaldo Junior, disse que o local é acessível e que durante a noite não tem nenhum vigia. Junior não descarta a possibilidade de o incêndio ter sido criminoso. O supervisor disse que no ano passado ocorreram outros dois sinistros. 

Jornal Midiamax