Geral

Em plena segunda de Carnaval, Campo Grande vira ‘cidade fantasma’

Mau tempo pode atrapalhar o primeiro dia de desfile das escolas de samba

Thatiana Melo Publicado em 16/02/2015, às 20h16

None
capa_3.jpg

Mau tempo pode atrapalhar o primeiro dia de desfile das escolas de samba

Nem pierrô, nem colombina, Campo Grande parece uma ‘cidade fantasma’, em plena segunda-feira (16). O feriado de Carnaval, somado à chuva que cai em vários pontos da cidade, deixou as ruas vazias, o comércio com poucas lojas abertas e movimento fraco.

Os parques da cidade, que neste feriado teriam movimento também estavam vazios, e a concentração para o grande desfile das escolas de samba desta noite na área do Papa, na Avenida Alfredo Scaff, na Vila Sobrinho, estava vazia.

Nenhuma escola ocupava as tendas montadas para a preparação dos carros alegóricos, e na avenida do samba nenhuma movimentação de que um desfile iria acontecer à noite.

O mau tempo deve atrapalhar mais ainda e espantar os foliões, já que a previsão para esta noite é de muita chuva, com temperatura mínima de 18° graus.

Desfile das escolas

Nesta primeira noite a escola mirim “Herdeiros do samba” abre o desfile, logo em seguida quem passa pela passarela do samba é a escola “Unidos do São Francisco” e fechando o primeiro dia à escola “Unidos do Bairro Aero Rancho”.

Jornal Midiamax