Geral

Aumento de até R$ 400 no licenciamento deixa campo-grandenses revoltados

A partir de 2015, os contribuintes terão que fazer uma vistoria, trocar a placa e extintores

Midiamax Publicado em 07/01/2015, às 19h27

None
_mg_8832.jpg

A partir de 2015, os contribuintes terão que fazer uma vistoria, trocar a placa e extintores

Um aumento de até R$ 400, para o pagamento do licenciamento, está deixando os campo-grandenses revoltados. Além do já tradicional pagamento em torno de R$ 230 (sem contar o IPVA), a partir deste ano, os proprietários de carros e motos terão que pagar cerca de R$ 120 por uma vistoria; R$ 175 pela instalação da nova placa refletiva e R$ 100 pelo novo extintor (ideal para combater fogo em estofados).

De acordo com o despachante José Faustino Trindade da Silva, muita gente está reclamando das novas exigências, pois o valor é alto. “Essas novidades pegaram muita gente de surpresa. Antes só era preciso pagar o seguro obrigatório e o licenciamento, agora, tem essa vistoria, o emplacamento do novo modelo e o novo extintor”, explica.

Faustino ressalta que, para fazer a vistoria, não é preciso ir somente ao Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul), pois esse serviço também é feito por algumas empresas terceirizadas, as ECV (Empresas Credenciadas em Vistorias).

O cirurgião dentista Juliano Jacobina, reprova o aumento dos custos. “É mais um encargo para o contribuinte pagar. Não vejo serviços de qualidade sendo prestados”, reclama.

A empresária Luciane Gomes diz que o povo sempre sofre com a taxação. “Eles (poder público) fazem de tudo para arrecadar, coitado do povo”, ressalta.

O aposentado Porfírio Arguelho Riveiro, de 69 anos, diz que já existem muitos impostos sendo cobrados. “É desnecessário inventar mais um tributo. Isso é um meio de arrecadar fundos”, conta.

Por outro lado, o Detran foi procurado pela reportagem  do Jornal Midiamax, mas não respondeu às perguntas sobre o motivo da implantação dessas novas regras e valores.

Endereços dos locais credenciados

Além do Detran, localizado na saída para Rochedo, há uma empresa na Rua Joaquim Murtinho, 2.930; na Avenida Bandeirantes, 642; Avenida Bandeirantes, 242; Avenida Bandeirantes, 1257; Avenida Costa e Silva, 540; Avenida Eduardo Elias Zarhan, 462; Avenida Coronel Antonino, 1465 e Avenida Salgado Filho, 1751.

Datas limites

Os veículos com placas cujos números finais são 1 e 2 tem até o mês de abril para pagar o licenciamento. Já as placas com números finais 3 e 4 tem até maio e as placas finais 5 e 6 tem até junho para se regularizar.

O número 7 em diante acompanha o mês referente, ou seja, final 7 até julho, final 8 até agosto e assim por diante.

Jornal Midiamax