Geral

Após denúncia, grávida é avaliada por médico e será internada até o fim do mês

Luana está há mais de uma semana tentando dar a luz na Capital

Midiamax Publicado em 19/02/2015, às 21h24

None
gravida.jpg

Luana está há mais de uma semana tentando dar a luz na Capital

Depois de denúncia publicada pelo Jornal Midiamax, a boleira Luana Gonçalves dos Santos, de 20 anos, foi avaliada por médico na Maternidade Cândido Mariano nesta quinta-feira (19) e será internada até o fim deste mês.

Após ser noticiado que a boleira estava há uma semana tentando ser internada para dar a luz em algum hospital da Capital,  o médico Doutor Isaías Moura procurou a equipe de reportagem, entrou em contato com Luana e a avaliou nesta quinta-feira.

“Depois da consulta ficou definido que vamos esperar mais uns dias para ver se entro em trabalho de parto. Se até o dia 28 eu não entrar ele mesmo vai me internar e fazer o parto”, conta a jovem.

O caso

Luana está desde a semana passada tentando ser internada em algum hospital de Campo Grande para dar a luz e não consegue. A jovem tinha conseguido um encaminhamento para a Maternidade Cândido Mariano, mas como a médica estava de férias a plantonista disse que ela não estava grávida de 42 semanas, se negando a interná-la.

Na Santa Casa, outro médico disse que não tinha necessidade de ser internada naquele momento. A jovem também havia passado por outros hospitais e ouviu negativas sob a alegação de falta de vagas ou de falta de estrutura.

A boleira só conseguiu ser atendida por médico depois de o caso vir à tona com a matéria do Midiamax.

Jornal Midiamax