Geral

Vitória derruba sequência do Flu, mas segue na zona de risco

O Vitória conseguiu um resultado importante na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira, no Estádio Barradão, a equipe comandada por Ney Franco saiu atrás, mas conseguiu virar e venceu por 3 a 1, dando fim à sequência de cinco jogos de invencibilidade do Fluminense. Apesar de fundamental, o triunfo não tira a […]

Arquivo Publicado em 18/09/2014, às 00h09

None

O Vitória conseguiu um resultado importante na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira, no Estádio Barradão, a equipe comandada por Ney Franco saiu atrás, mas conseguiu virar e venceu por 3 a 1, dando fim à sequência de cinco jogos de invencibilidade do Fluminense.

Apesar de fundamental, o triunfo não tira a equipe rubro-negra da zona da degola. Cícero abriu o placar a favor dos cariocas, mas Dinei, William Henrique e Vinicius decretaram a vitória dos donos da casa.

Com o resultado, o Vitória alcança os 21 pontos e deixa provisoriamente a lanterna, aparecendo em 18º lugar. Agora, a equipe precisa torcer por tropeços de Bahia, Coritiba e Criciúma para não voltar à posição mais indesejada do torneio.

Já o Fluminense perde uma invencibilidade de cinco jogos e desperdiça a oportunidade de voltar ao G-4 da Série A. Os cariocas estão na quinta posição, com 35 pontos, mas podem terminar a rodada no sétimo lugar, dependendo dos resultados desta noite.

Fluminense e Vitória tiveram dificuldades para criarem jogadas ofensivas no primeiro tempo. Apesar de ter maior posse de bola, os donos da casa pouco assustaram o gol defendido por Diego Cavalieri. Os cariocas sofriam o mesmo problema, mas souberam aproveitar uma oportunidade para marcar e sair na frente em Salvador.

Logo aos 18min, o Fluminense acertou a jogada ofensiva e abriu o placar. Conca cruzou da lateral direita, Cícero se antecipou a marcação e estufou as redes. Os visitantes tiveram apenas mais uma chance. Aos 36min, Fred recebeu de Jean e bateu forte. Gatito Fernandez fez ótima defesa e evitou o segundo gol carioca. O Vitória chegou aos 38min, mas faltou força no arremate. Juan arriscou da intermediária e Cavalieri defendeu em dois tempos.

Desesperado para tentar deixar a lanterna, o técnico Ney Franco mexeu no intervalo: tirou o volante José Welison e colocou o atacante William Henrique. A alteração funcionou, e o Vitória melhorou na partida.

O Fluminense assustou com três minutos da etapa final. Cícero chutou da meia direita e exigiu boa defesa de Gatito Fernandez. Depois disso, os donos da casa dominaram a partida. Aos 21min, depois de cobrança de escanteio, Dinei ganhou pelo alto e empatou no Barradão. Quatro minutos depois, Ney Franco provou que acertou na mudança: Nino Paraíba acertou cruzamento da direita, e William pegou de primeira para virar.

Com o placar favorável, Ney Franco trocou atacante por atacante, visando dar mais fôlego ao setor ofensivo: colocou Vinicius no lugar de Willie. E acertou mais uma vez. Com o Fluminense indo para cima, aflito por um empate, o ex-palmeirense ganhou na velocidade e bateu na saída de Cavalieri, decretando a vitória dos donos da casa.

Na próxima rodada, o Fluminense faz o clássico carioca contra o Flamengo, no domingo, às 16h, no Maracanã. O Vitória também encara um clássico estadual: recebe o Bahia, no mesmo dia e horário, no Barradão.

Jornal Midiamax